06 agosto 2020

Paula Veríssimo (PSC) é laranja de João Baleia (PSB) e poderá ser dominada, caso venha a ser Prefeita em Barreiros? Mito ou Verdade?

Desde o ano passado, 2019, que corre á partir das redes sociais e nos bate-papos das esquinas da cidade que Paula Veríssimo, filiada ao Partido Social Cristão (PSD), estaria se prontificando para concorrer o cargo de Prefeita. Seu principal ponto positivo que a tem levado á concorrer á cadeira do executivo é de chamar a atenção dos barreirenses, que é a sua coragem. Afinal de contas, essa é a primeira vez que se houve falar de uma candidata ao cargo executivo por estas bandas. Até o momento nenhuma mulher se atrevera entrar numa guerra contra homens em eleições municipais locais. Já vimos mulheres candidatas e até eleitas para cargos de vereadoras, mas nunca para prefeita. É neste ponto que, quer queiramos ou não, Paula Veríssimo sai á frente dos demais candidatos.

Paula é seguidora do movimento protestante e oriunda da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Barreiros tendo boa parte de seu conhecimento dentro deste seguimento religioso. Junto com seu esposo, Daniel Lajes, tornaram-se conhecidos dentro do município e região por conta de seu escritório de contabilidade que tem prestado serviços nesta área á empresas de pequeno e grande porte, tendo à partir daí pontos e/ou  contatos comerciais, que lhes são consideráveis.

Paula, no entanto, tem recebido a desconfiança por parte de seus opositores que apontam maliciosamente que a mesma tem vínculos com o ex-prefeito João Marcolino, conhecido como João Baleia, dizendo alguns que ela seria um tipo de candidata laranja deste. Também falam que a mesma em algum momento poderia ser vice-prefeita numa provável aliança com o ex-prefeito Carlinhos da Pedreira.

Há quem use contra a mesma e pecha de que ela estaria sendo financiada pelos ex-gestores, João ou Carlinhos, para bancar uma candidatura no estilo laranja, de maneira que sirva para "desviar votos de outros candidatos", podendo de alguma forma transferir votos (não conseguem explicar como) para aquele que quem supostamente lhes financia tenha algum tipo de vantagem na corrida eleitoral. Mas, seria isso verdade ou tudo não passa de mais uma das falas descontextualizadas daqueles que não tendo argumentos suficientes contra a mesma resolvem espalhar boatos com o fim de descredibilizar a candidata?

Muitas, á bem da verdade, são as "teorias da conspiração" que provocaram em torno da candidata do PSC, com o fim de fazer com que aqueles ou aquelas que poderão votar nela, desistam do voto no meio do caminho.

Outros boatos contra outros candidatos também já foram aventadas, mas nenhuma delas com comprovação. Caindo em desuso por falta de provas.

A candidatura de uma mulher para o cargo executivo em Barreiros é, quer queiram ou não, um ponto progressista em nosso meio que deveria ser aplaudido por todos os gêneros. Assim como também a colocação de seu nome devia ou deve-se prender apenas ás condições das propostas políticas, vendo na mesma ainda uma condição de coragem por este novo enfrentamento por parte dela. Afinal de contas há que se perguntar à candidata quais são as propostas que ela tem para gerenciamento de nossa cidade, caso a mesma venha a ser eleita!? Mas, ao invés disso tudo o que fazem (uma boa parte de homens dentro de uma ação politiqueira em nossa cidade) é fazer acusações, das quais não conseguem sequer dar provas do que falam.

É como se não tivessem argumentos, nem mentalidade o suficiente para encarar uma candidata á altura, e por isso, inventam ou fazem situações descabidas. São o que podemos chamar (como falei acima) de "teoria da conspiração".

Paula Veríssimo (PSC)

Paula Veríssimo está levando aí seu nome como uma alternativa para a cidade de Barreiros. Se ela aparecerá ao ponto de merecer a confiabilidade popular é outro assunto à parte que deve ser visto com o passar dos dias, já que estamos nos aproximando das eleições deste ano de 2020 definitivamente.

Até a poucos dias ainda rolavam (e certamente ainda rolam) nas redes sociais de que Paula poderia ser laranja, um simples produto comprado do ex-prefeito João Baleia, ou que teria sido comprada como uma mera mercadoria do, também ex-prefeito, Carlinhos da Pedreira. Não sei se vocês lembram, mas boatos bem parecidos também já fora citados de um outro candidato conforme poderão conferir aqui e aqui.

Nada, no entanto, prova que ela tenha vínculo com os ex-prefeitos João Baleia ou Carlinhos da Pedreira e que tudo não tem passado, pelo menos até que se prove o contrário, de boatos articulados precisamente por agentes políticos contratados para este fim, com o intento de desarticular a oponente. Certamente outras falas contra ela e outros candidatos virão pela frente, principalmente nas redes socais barreirenses, já que argumentos válidos são poucos, acreditando alguns desses agentes politiqueiros que o que vale mais são as fake news, que se espalharam na velocidade da luz pelos aplicativos virtuais, já que são incapazes de concorrer sem essas alternativas injustas.

Uma coisa é fato, esta campanha é e será uma das mais atípicas de todos os tempos, podendo causar verdadeiras vira-voltas na opinião pública, tanto positiva quanto negativamente em Barreiros. Portanto, é preciso estar de olho aberto em todo momento!