09 maio 2020

Quatro médicos teriam deixado de prestar serviços no Hospital Municipal de Barreiros, em meio à crise de pandemia da Covid-19 e enfermeiros poderão paralisar serviços.


A cidade de Barreiros, que já tem diversos problemas em se falado de falta de recursos na área de saúde, passa por outras tantas questões, há anos, como todos sabem tendo nesta área diversas reclamações. O que não é novidade. Mas, em plena crise de pandemia crescente em todos os estados de nosso país, principalmente em Pernambuco, o problema se torna ainda mais grave e preocupante quando vemos que as autoridades estão, de uma forma ou de outra, caladas ante casos extremos, que preocupa a todos.

Recentemente, não fosse a divulgação de mais uma de minhas publicações solicitando informações sobre números reais de casos de Covid-19 em nosso município (confira aqui), nada ficaríamos sabendo. Os dados, que antes estavam em suposto, apenas 01 caso de contágio, fechou o dia de hoje, 08 de Maio, com 9 casos confirmados de infectados com o novo Corona Vírus.

No entanto o que mais nos preocupa é que é fato que o HMB, não ter condições reais para cuidar de pacientes com Corona Vírus na cidade. Além de problemas, conforme vamos apurando, por falta de EPI (Equipamentos de Proteção Individual), o que pode colocar os profissionais de saúde em risco de contágio. O que representa assim, uma fragilidade complexa ante o aumento explosivo de casos.

Enfermeiros e técnicos estão trabalhando por amor à categoria, segundo informes, sem muita alternativa. E, certamente por isso que na manhã de hoje passou a ser informado que quatro médicos teriam abandonado seus serviços aqui na cidade de Barreiros, ficando apenas um Doutor à serviço da população barreirense. Certamente que quanto á esses informes todos os que fazem parte da cúpula da saúde em nosso município, preferem a manutenção do silêncio, de maneira a não causar alarde e tentarão não falar sobre o assunto, como de outras vezes já vimos acontecer.

Segundo este áudio que trago abaixo, as informações, por parte de um enfermeiro (não identificado) é que os médicos teriam se reunido e abandonado seus trabalho no HMB, por motivos por ele não declarados. Ele ainda tenta convencer em áudio para que outros enfermeiros e profissionais da saúde do hospital se unam e façam o mesmo, abandonando seus serviços por motivos não falado, sem sinal de protesto.

- "Mas, eu soube agora de manhã que Dr. Gilberto, Dra. Ana, Dr. Samir e um outro, por aí, que não sei o nome dele, já entregaram.. não vão vir mais para o HdB... eles entregaram hoje pela manhã". Diz o áudio por um enfermeiro não identificado, que tenta conclamar para que os profissionais de saúde que dão expediente no Hospital Municipal Barreiros, se reúnam e paralise os atendimentos. "O hospital sem médico e sem enfermeiros não funciona" complementa o autor do áudio que ainda dize que o único médico que está atendendo, até então, seria o Dr. Bruno. (Confiram o áudio abaixo)