19 fevereiro 2020

Inaldo Lins desmente fake news que acusavam de ele ter recebido algum valor para desistir de sua candidatura ao cargo de Prefeito em Barreiros.

Recentemente o advogado Inaldo Lins da Rocha pré-candidato ao cargo de Prefeito na cidade de Barreiros pelo PSD, teve seu número de celular clonado. Hackers estariam se utilizando de sua influência e conhecimento para pedirem dinheiro à seus contatos e clientes, passando-se por ele. Assim que tal golpe foi identificado o mesmo entrou em contato com sua operadora de telefonia móvel e foi orientado pelo atendimento para rapidamente pedir o cancelamento de sua conta telefônica e solicitar outro em seguida. Só assim, os criminosos por trás deste golpe seriam freados em seus intentos.

Com o cancelamento da linha telefônica, automaticamente aquele número ligado ás redes sociais passa também à ser cancelado. No Whatsapp, com o pedido de desativação aquele contato sai instantaneamente de todos os grupos. Como foi o caso que aconteceu com Doutor Inaldo Lins.

Até aí, tudo bem. O problema maior foram os comentários maldosos que sua oposição política passaram á replicar à partir dos grupos dos quais ele tinha saído pelo cancelamento. Os comentários iniciais foram que Inaldo Lins teria recebido uma quantia em dinheiro para desistir de sua candidatura ao cargo de Prefeito na cidade de Barreiros. Além de outras citações sem sentido.

Hoje, já de posse de outro número e de volta as redes sociais o Advogado e Pré-candidato gravou um vídeo explicando o que aconteceu, aproveitando para desmentir todos os comentários infelizes que disseram contra ele.

Dr. Inaldo Lins em discurso no dia de ato de filiação ao PSD, na Câmara Municipal de Barreiros. 
- "A partir do cancelamento da linha o número ficou automaticamente desligado de todos os grupos de Whatsapp do município do qual faço parte... Daí, a velha política, os apoiadores do velho, da política suja divulgaram no privado de alguns colegas meus que eu havia desistido da candidatura por que alguém havia pago um preço pra que eu desistisse." Diz Inaldo Lins, explicando o que aconteceu em vídeo que segue abaixo, nesta publicação.




Uma publicação compartilhada por Inaldo Lins Advogado⚖️ (@inaldolinsadv55) em