13 janeiro 2020

Mulheres poderão ser o ponto forte para a política local, nas eleições de 2020, em Barreiros.

Se alguém perguntar qual o nome do primeiro prefeito que a cidade de Barreiros já teve certamente uma pequena maioria poderá responder com certeza, e cerca de 95% dos barreirenses desconhecem quem foi. Entre 1º de janeiro de 1893 à 31 de Dezembro de 1894, José Nicolau Pereira dos Santos exerceu o poder executivo, quando á época, tal cargo levava ainda o nome de Intendente.

Mas, se a pergunta for sobre: "qual o nome da primeira mulher eleita prefeita em Barreiros?" é fato que 100% dos barreirenses responderão pela mesma linha, que desde o primeiro intendente até hoje, nenhuma chegou a ocupar tal cargo em nosso município.

Já tivemos, sim, uma primeira vereadora na Câmara de Barreiros, que era professora, por sinal (pretendo falar sobre ela em outro momento) e outras que vieram depois dela, claro. Mas para o cargo executivo, infelizmente, nenhuma!

O poder masculino tem logrado sucesso em sucederem-se em todos os anos desde quando nosso pequeno pedaço de terra passou á ser chamada de município.

Para as eleições deste ano de 2020, no entanto, poderemos ter como candidatas duas mulheres no campo político que entrarão para a disputa eleitoral municipal almejando a cadeira de gestora barreirense. O que por isso mesmo, nos apresenta uma bela novidade.

Paula Veríssimo, esposa de Daniel Lages, responsáveis pela Afiscont, escritório de contabilidade em Barreiros, é uma das primeiras mulheres á ambicionar este cargo, ao que se tem conhecimento até então.

Embora seja pouco conhecida na cidade a mesma, pelo menos, está colocando seu nome para a disputa para as eleições deste ano. O que é um dado positivo!


Mas, também, no campo político a mesma poderá encontrar uma possível aliada, ou quem sabe, uma adversária para o mesmo cargo em questão. Digo isto me referindo á Luciana Vasconcelos, filha do ex-prefeito Luciano Costa Vasconcelos, que exerceu o poder entre 05 de abril de 1980 á 31 de janeiro de 1983.

Luciana é palestrante, graduada na UFPE, professora, consultora especializada em liderança e como educadora, tem um currículo que pode ser pensado para uma boa gestão, em se pensando no cenário barreirense.

Nos bastidores da política local, falam que as duas poderão ser adversárias, podendo agora, provavelmente, ganhar mais espaço que os homens que há anos ocupam o cargo executivo.

Por enquanto fala-se em disputas femininas na área, situação que nenhum dos atuais candidatos contavam, tão acostumados à serem votados apenas os homens, esquecendo que os tempos são outros e que estamos mudando e progredindo, sempre.

Quem sabe, pensando em Barreiros, as mulheres possam se juntarem para fazer em nosso município uma nova política, autêntica e renovada, com vistas para um futuro melhor para nossa cidade!?.

Certamente, está aí uma situação jogada online, que poderá revolucionar e fazer um traçado novo na cidade de Barreiros.