19 setembro 2019

PHS vira PODEMOS em fusão de partidos concedida pelo TSE. Coordenador da Mata Sul, Lucio Freitas vê como positiva e acredita em fortalecimento da legenda.

Desde o ano passado já estava havendo conversas entre os partidos PHS e o Podemos para que acontecesse, o que hoje se deu, a fusão entre as duas legendas.  A nível nacional já era certeza, desde que o Senador Alvaro Dias deu carta branca para que essa "junção" virasse realidade.

O partido, que lançou o candidato Álvaro Dias à Presidência, passará de 11 deputados para 17, superando o Solidariedade.

No Senado, a sigla terá sete deputados, a terceira maior bancada, atrás apenas do MDB e do PSDB.

A sigla ainda negocia a incorporação de outro partido, o PMN, com três deputados. 

Lideranças do Podemos afirmam tinha conversas com a Rede, partido da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva. As negociações, neste último caso, no entanto, não avançaram.

PHS, que no último ano passou por uma disputa judicial pelo comando do partido, não superou a cláusula de barreira, que exigia que os partidos tivessem 1,5% dos votos válidos em todo o país com ao menos 1% dos votos em nove estados.

Além de ficarem de fora da divisão do fundo partidário e eleitoral, os partidos que não superam a cláusula de barreira também tem dificuldades logísticas como perder o direito ao gabinete partidário e fazer discursos nas sessões do Congresso, além do direito a um programa partidário no rádio e na TV.


A fusão aconteceu na manhã desta terça-feira, dia 19 de Setembro, e a aprovação das duas legendas é definitivamente confirmada.

Para Lúcio Freitas que é presidente do PHS no município de São José da Coroa Grande e coordenador da legenda na Mata Sul de Pernambuco, "essa fusão veio em bom momento e faz com que o partido, que agora passará à ser chamado de Podemos, se fortaleça cada vez mais dentro de um novo projeto que vem ganhando força".

Lucio Freitas, Coordenador do PHS na Zona da Mata Sul de Pernambuco.
"Essa união veio para fortalecer cada vez mais o desempenho do PHS com o desempenho do Podemos. Nós analisamos os prós e os contras. E com essa união ou fusão, nós passamos à ser o quinto partido (Podemos) com maior representatividade no congresso.", afirmou Lúcio Freitas.