08 junho 2016

EXCLUSIVO - Concurso Público de São José da Coroa Grande será cancelado

A Prefeitura Municipal de São José da Coroa Grande lançou o edital 002/2016 e passou, largamente à informar via midias oficiais ou alternativas concurso para 182 vagas, conforme postou em seu blog, Wellington Ribeiro, blogueiro das prefeituras de São José e Barreiros, retificando em postagem posterior de que as vagas teriam aumentado para 195, como pode ser conferido teclando aqui.

Tal proposta online levou diversas pessoas que estão em busca de um salário e emprego fixos garantidos à correr atrás, inscrevendo-se, para, mediante concurso aplicado naquela cidade, conforme propagado terem a tão sonhada realização profissional.


No entanto, na semana passada, o Presidente da Câmara de Vereadores de São José da Coroa Grande, Beto do Abreu, desconfiado com alguns supostos arrumadinhos que lhes tem chegado aos ouvidos, resolveu, junto com sua equipe verificar todas as informações concernentes à este concurso de ultima hora, que pode estar sendo lançado com o fim de, segundo ele, "conseguir dinheiro para ser investido na campanha de João Marcolino Gomes Junior, o João Baleia, que é esposo da atual Prefeita, Elianai Gomes, na cidade vizinha, Barreiros. 

Beto acredita que o dinheiro captado neste concurso servirá para empenho à campanha do ex-prefeito de Barreiros que continua à afirmar, apesar dos mais de 12 processos na justiça, de que será candidato à Prefeito na cidade barreirense.

Em sua investigação Beto do Abreu conseguiu desvendar que a empresa que estaria à frente do processo de seleção dos candidatos ao concurso público coroense já tem prestação de serviços anteriores à Prefeitura, mais particularmente ao esposo da Prefeita Elianai Gomes, o senhor João Baleia e que, segundo ele, a empresa contratada já teria lucrado com investimentos até então não explicado, valores de até 730 mil reais, aproximadamente. Algo que ainda está em investigação.

O Vereador e Presidente da Câmara de Vereadores, Beto do Abreu, entrou com uma ação no Ministério Público de Pernambuco, solicitando àquele órgão investigação e possível anulação deste processo seletivo que poderá ser considerado uma fraude aos concurceiros.

Na noite do dia 07 de junho, o Vereador, fazendo uso da Tribuna da Câmara de Vereadores, anuncia publica e oficialmente seu posicionamento quanto ao pedido do cancelamento do concurso público de São José, deixando os vereadores presentes, bem como boa parte dos coroenses e daqueles que já fizeram ou estão tentando fazer suas inscrições, estarrecidos com as novas descobertas.

Beto do Abreu, conforme citação na Casa Amaro Marcelo, diz que "esta será uma medida cautelar, de maneira à prevenir os investimentos de pessoas que querem uma segurança financeira recorrendo à um concurso público". Ele ainda diz que segundo levantamento, foi constatado que a medida deste concurso "é como um jogo de carta marcada", e que, segundo informes, "já existem pessoas prontas, próximas à Prefeita Elianai e seu esposo, João Baleia, para ocuparem as 195 vagas, com facilitações aos parentes e pessoas mais chegadas dos mesmos".