10 setembro 2015

Mãe de criança com autismo, diz ser barrada em viagens para tratamento, pela Secretaria de Saúde de Barreiros

A mãe de uma paciente, atendida pelo SUS, à partir da Secretaria de Saúde de Barreiros diz que sua filha com autismo, poderá perder consultas por conta de cortes à serem executados em vagas de passagens sob responsabilidade daquela instituição.

As palavras que vocês vão ler abaixo estão sendo reproduzidas à partir da fala de uma internauta que tem sua filha autista e que, segundo ela, estaria sendo cortada de determinado atendimento por parte da Secretaria de Saúde, podendo perder dias de consulta.

Confiram suas palavras abaixo, reproduzidas à partir de informações passadas por ela via Facebook e Whatsapp e tirem suas próprias conclusões.

Imagem meramente ilustrativa, captada do Google.
Fui hoje (03 de Setembro) na secretaria marcar as consultas da minha filha como de costume chegando lá Marlene que faz as marcações das viagens me informou que em alguns dias irão corta as pessoas menos necessitadas e irão colocar nos ônibus. Aí eu disse que não tinha condições de ir de ônibus porque a consulta da minha filha é de 8 hs, e de 9 horas da manhã eu já estou liberada, como é que vou esperar de 9 da manha ate 5 da tarde com minha filha? Ela tem AUTISMO. É uma menina que não fica quieta. Aí ela, Marlene, veio me dizer que eu arrumasse um trocadinho pra eu vir de conduçãoVejam só... se não fosse meu pai eu não sabia como ia ser... agora esse ano precisei da Prefeitura e eles vem com essa ideia pro meu lado... Cadê os ônibus que disseram que compraram pra saúde? Colocam... ônibus velhos pra saúde. Compraram uma hilux pra segurança que não fazem nada, só andar...  é  pra comprar combi nova porque a que eu estou, onde a porta esta caindo, capaz de ter um acidente. Eu venho aqui pra vocês, avisar o Prefeito comprar carros e combis para a Saúde é porque eu sei que tem condições e muito. Quem não tem sou eu de estar pagando de 15 em 15 dias, fora os outros dias passagem... No caso quando fui na secretaria foi na quarta feira, dia 03 de Setembro... O hospital que eu vou é o Altino Ventura por traz do Barão de Lucena"

suas palavras abaixo, reproduzidas à partir de informações passadas por ela via Facebook e Whatsapp. No inicio da tarde de hoje, dia 10 de Setembro, a mãe da criança torna a me procurar, via Whatsapp e me conta o que segue abaixo;

"Hoje eu fui lá na secretaria e me cortaram. Me colocaram pra eu ir de ônibus amanhã... vou perder a consulta da minha filha... estou desesperada vou agir imediatamente. Eu não estou mentido e digo na cara de quem for, e de quem disse isso... amanhã vou perder a consulta..."
Rebeca, mãe de criança autista.