27 agosto 2015

Alunos do 2º Ano B da Escola Noronha Filho vão à GRE levar reclamação contra Gestora

Com cartazes, conforme imagem acima, estudantes pedem respeito pela suposta falta de respeito da gestora contra eles.
Na manhã de hoje (27), alguns alunos que estudam no 2º ano B da Escola Estadual Joaquim Augusto de Noronha Filho, reuniram-se, munindo-se de cartazes, e foram à Gerencia Regional de Educação Barreiros (GRE Litoral Sul), levando reclamações contra a atual Gestora daquele colégio.

Segundo os alunos a gestora atual, Maria Elena da Cruz, no ultimo dia 25 de agosto, teria faltado com o respeito com eles e com os alguns professores, tratando-os com grosserias, constrangendo tanto estes quanto os estudantes. Segundo eles, a gestora teria apontado que tem professores que sobem horários (o que é uma citação justa vinda da parte da gestora, caso esteja acontecendo, devendo ser solucionado tal caso) dizendo que os professores que fazem isso são imbecis. Quanto aos alunos a gestora teria dito que eles estariam fingindo estudar, que não aprendiam e eram, segundo fala dos alunos ela os teriam chamado de analfabetos.


Sendo orientados por André Costa, atual Conselheiro Tutelar (em busca de reeleição) os alunos foram até a GRE levar suas reclamações. O gestor desta gerencia, Jorge Beltrão, teria lhes atendido. Os mesmos explicaram os motivos de suas reclamações. Recebendo promessa de solução por parte dele, neste assunto.


Os alunos ainda citam que a Gestora Maria Elena, teria mandado queimar livros escolares, dentro dos muros da escola. Este ato, segundo informações, não poderia ser levado em consideração, já que conforme lei, tais livros não devem ser doados, nem jogados fora. A gestora teria mandado queimar estes livros antigos já que os mesmos estariam tomando espaço para os novos, à serem colocados no local.


Alunos do terceiro ano, também estavam presentes, solidários à causa, dizendo-se indignados com tais citações por parte da Gestora.