16 julho 2015

Vereadores, pensando em reeleição no ano que vem, estão "contratando" funcionários temporários, para o Hospital e outros setores.

Como já se era de esperar, os vereadores de Barreiros, aproveitando-se da falta de emprego na região, usando e abusando da máquina local, estão "contratando" novos funcionários para atuarem no Hospital Regional de Barreiros, Secretaria de Saúde, Ação Social, e outros órgãos, pela Prefeitura. Tudo isso visando as reeleições, (que giram em torno de sete vereadores), que querem continuar á exercer o cargo de vereança, sem nada fazer.

Em Barreiros temos 13 vereadores para uma cidade com 42.105 habitantes, conforme IBGE de 2014. Destes treze você pode contar dois ou três que pouco fazem, se é que podemos contar desta forma.

Vereadores como Cristiano da Saúde, Imão Ita e alguns que não vamos citar seus nomes, são os mais faltosos na casa de Nilo Moraes. Isso sem contar na falta de fiscalização que não acontece por partes da maioria deles.

Nossa cidade nunca esteve tão abandonada de vereadores, como nestes últimos tempos. O que é uma lástima! Com tantos, era para haver mais trabalho e fiscalização. Coisa que não acontece, em Barreiros, principalmente com aqueles que tem "contratos" e facilidades em parceria com o atual prefeito, Carlinhos da Pedreira e seu irmão e vice, Leonardo Avellar (este ultimo é quem gerencia de fato a prefeitura).

Não posso contar-lhes os nomes para não atrapalhar as investigações, que finalmente agora, depois de umas prensas estão acontecendo na cidade. Dos treze vereadores, sete deles estão colocando pessoas à torto e à direita, principalmente no Hospital, que ultimamente está recheando-se de gente nova. Estes novos contratados estão sendo chamados de "estagiários". Nada contra as contratações, claro, até por que nossa cidade está carente de emprego, graças à uma administração que tem sido uma lástima, desde seus primeiros dias de atuação. E como não tem vereador que fiscalize, e sim, quem queira se aproveitar. É isso o que temos por estas bandas!

Os vereadores atuais acostumados com a vida fácil de irem apenas uma vez por semana, isso quando vão, à Câmara de Vereadores Casa de Nilo Moraes, sem projetos de leis para a cidade e sem fiscalização, usam das "facilidades" como estas, empregando "estagiários" para uma população realmente carente e tentam ganhar créditos com a população dessa forma.

Ou seja, zombam da situação do povo barreirense, colocando-os em empregos temporários, e com isso ainda estão enchendo a folha de pagamento, podendo inclusive comprometerem-se, junto com o atual prefeito que tudo vê e finge que não, podendo cair na lei de responsabilidade fiscal.

Infelizmente, como aqui em Barreiros tudo vale à pena para quem nada faz (até tiros), as coisas continuam à base do voto de cabresto, em que os políticos se aproveitam da necessidade de um povo sem emprego e sem recursos, e da ignorância política de uma boa parte, para zombar, pisar e brincar com a carência dos Barreirenses.

No entanto, boa parte desta farra poderá acabar.