09 setembro 2020

Inaldo Lins (PSD) afirma que sua candidatura está de pé independente da saída de Beto da Sensação (Republicanos) do cenário político de Barreiros.



O clima ontem em Barreiros foi de total confusão com a surpresa dada da saída de Dagoberto Queiroz da corrida eleitoral local, conforme foi noticiado à partir das redes sociais locais. E, em meio à toda balbúrdia criada ficava uma certa incerteza no ar sobre qual rumo que o Advogado Inaldo Lins, que seria candidato a vice e representante em Barreiros do PSD tomaria.


Em nota, igualmente divulgada à partir das redes sociais locais, Inaldo Lins que já era pré-candidato a prefeito, depois de ter se reunido com seu grupo político ontem á noite dia 08, tomou a posição de que continuará candidato ao cargo executivo, porém, com outros direcionamentos não se permitindo, segundo fala dele, se amarrar com nenhum dos blocos políticos locais, principalmente não fazendo amarras com o afamado grupo de João Marcolino Gomes Junior, mais conhecido como João Baleia que hoje lidera o PSB em Barreiros, partido que antes estava nas mãos do ex-prefeito Carlinhos da Pedreira, que atualmente é filiado do PP.


Inaldo diz que a desistência de Beto da Sensação deve ser respeitada mas que ele e não está atrelado às escolhas políticas futura de seu ex parceiro de chapa.


Para a militância de Inaldo Lins nessa "quebra de braço" o grupo montado pelo representante do PSD em Barreiros teria saído fortalecido e com um tanto a mais de experiência para os próximos passos. O que certamente legitima sua intenção de continuar com sua candidatura, podendo ser ele um diferencial pelos próximos dias nas eleições municipais na cidade barreirense.