27 julho 2020

A união do PSD de José Barbosa com o Republicanos de Camilo Lobo em São José da Coroa Grande fortalece Barbosa e enfraquece Pel Lajes?

Finalmente aconteceu o que de certa forma a era o esperado, na maravilhosa cidade praieira de São José da Coroa Grande, a união de um ex-prefeito com bastante experiência em administração pública, tendo gerido a Prefeitura por dois mandatos seguidos e um nome novo nas eleições coroenses, que pode fazer a diferença naquele município. Barbosa, representante do PSD e Camilo Lobo, representando o Republicanos.

A união dos deles foi anunciada pelos dois lados, na semana passada, causando uma certa confusão positiva, desconfiança e um quê de rivalidade entre Pel Lajes, que está à frente da Prefeitura, na qualidade de Prefeito que busca sua reeleição e Barbosa que tenta pela segunda vez voltar ao poder.

Nos bastidores falava-se, desde algum tempo que para onde o Médico Camilo Lobo pendesse faria total diferença para as eleições deste ano na cidade coroense e seu peso valeria por uma eleição ganha.

Até aonde pôde-se acompanhar, até poucos meses atrás havia resistência por parte de Camilo mantendo-se como protagonista na disputa eleitoral deste ano. Sua recusa, não se sabe se por estratagema ou por pura escolha, veio fortalecendo seu nome, como representante do Republicanos na cidade, ao ponto de ser visto como um importante aliado, seja para qual lado ele fosse.

Barbosa apresenta Camilo como aliado

Com a aliança de Barbosa e Camilo (PSD + Republicanos) certamente aperta-se o cerco para Pel Lajes que terá que mostrar dia a dia que tem competência para disputar e ir até o fim em sua candidatura para este ano, podendo continuar por mais quatro anos ou ver outro ocupando a cadeira que hoje ele ocupa.

Mas quais são as reais consequências que essa aliança poderá trazer para o eleitorado coroense?

Os adversários de Barbosa, como já era de se esperar, tem usado de todos os artifícios e falas para desmerecer tal aliança. Outros, porém, mais sensatos, afirmam que o "peso" Camilo poderá fazer diferença sim, para a campanha do líder do PSD, já considerada vitoriosa.

Importante ressaltar que por algumas vezes a possibilidade de aliança entre Barbosa e Camilo já tinha sido levantada antes por seus adversários, mas desmentidas tanto por Camilo quanto por Barbosa. Como pode-se conferir numa de minhas publicações sobre o assunto (confira aqui), como também em entrevista ao blogueiro Tenório Cavalcante, essa possibilidade foi aventada mas descartada pelo candidato do Republicanos.

Hoje, no entanto o papel se inverte e, ante o novo quadro, independente dos pensamentos que se tenha favoráveis ou contra a união dos dois, os adversários terão que pensar e repensar suas estratégias para os passos que deverão ser dados à partir de então.