09 abril 2020

Renegando a ciência, Secretário de Turismo de Franz Hacker contraria Paulo Câmara e apoia Bolsonaro

Secretário de Turismo de Franz Hacker (PSB), prefeito de Sirinhaém, Alfredo Ferraz é contra o chamado isolamento horizontal, contrariando o governador Paulo Câmara (PSB) e concordando com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O isolamento social é defendido pela Organização Mundial da Saúde (OMS); pelos maiores líderes mundiais, incluindo o presidente dos EUA Donald Trump; também é defendido pelo Ministério da Saúde; pela ampla maioria dos governadores dos estados e também pela gestão da Prefeitura Municipal de Sirinhaém.

Sem comprovação científica, Alfredo Ferraz, o secretário, defende o isolamento apenas do grupo de risco

Alfredo Ferraz chegou a parabenizar o governador de Rondônia quando este anunciou a abertura parcial do comércio, contrariando a grande parte das práticas de combate ao coronavírus no mundo. "Acompanhando a orientação do presidente Bolsonaro. Parabéns, governador", disse o secretário em rede social.


IMAGEM 1

O secretário de Turismo também atacou a OMS, ao afirmar que a Organização "não está merecendo confiança" e ao colocar em descrédito a imagem do Diretor-geral, acusando-o de "esquema".


IMAGEM 2 E 3

Alfredo Ferraz também é acostumado a publicar desinformação. Compartilhou conteúdo do "Terça Livre", site bolsonarista conhecido por espalhar mentiras, e também espalhou o famigerado boato do borracheiro, que já foi esclarecido.




Alfredo Ferraz é ferrenho defensor do presidente da República. Em várias postagens numa rede social, o secretário compartilhou discursos chancelados por Bolsonaro e por influenciadores bolsonaristas. Mesmo tendo um "socialista" como chefe, chegou a chamar o Diretor-geral da OMS de "comunista de carteirinha", como se fosse um demérito. Também exigiu transparência do governador Paulo Câmara, ao mesmo tempo em que o presidente da República tentou desobrigar o cumprimento da Lei de Acesso à Informação.