03 outubro 2019

Em Barreiros Vereadores omitem agressão física contra blogueiro, dizem estar sendo difamados e que pretendem processar, mas usam cobranças do agredido em seus requerimentos.

Setembro foi que podemos chamar de mês do extremismo. Dentre os demais meses, este foi de fato aquele de destaque.

No mesmo mês que os vereadores mais faltaram às sessões na Casa de Nilo Morais, e em muitos dos casos só era sabido por que este blogueiro que vos escreve é quem trazia à lume aqui, para conhecimento de todos, houve também acirramento naquela Câmara entre os legisladores, além da agressão contra um cidadão dentro da Casa Legislativa. (Assuntos  estes,trazidos por mim aqui neste canal e espalhado nas demais redes sociais que participo)

Todos viram que no dia 16 de Setembro, numa terça-feira eu usei o Facebook e demais redes sociais para expressar minha indignação como cidadão sobre o descaso, não fiscalizado pelos vereadores, me referindo ao Hospital Jailton Messias. Infelizmente, num momento de exaltação terminei por fazer uso de duas falas (palavrões), desnecessários, o que me levou à pedir desculpas publicamente em vídeo na mesma semana, na sexta-feira dia 20, usando as mesmas redes sociais. Apesar disso, fui covardemente agredido.

No vídeo da terça-feira (16) eu cobrei sobre diversas situações do que acontece em nossa cidade, além dos problemas do Hospital local e fiz apontamentos também sobre a iluminação publica que até então não tinha recebido nenhum olhar dos vereadores de nosso município.

Na terça-feira seguinte, estive na Câmara de Vereadores e em menos de cinco minutos que sentei para assistir a sessão, fui covardemente agredido por dois legisladores, conforme também noticiei na mesma noite daquela terça-feira, 24. No entanto, ao que tudo indica, mesmo depois do ato covarde acontecido naquela sessão, tudo parece ter continuado como se nada tivesse acontecido, conforme vamos ver pelas falas da Câmara Municipal em publicação desta segunda-feira, dia 30 (quase uma semana depois) no Instagram e Facebook da Casa Legislativa.

Mais de uma semana depois da sessão é que uma publicação veio à ser postada sobre a noite, da semana anterior. É como se a Assessoria de Imprensa fosse paga para trabalhar quando bem quer. Já se vê aí um lado que precisa ser investigado, também, naquela casa.

Segundo o que mostram as palavras publicadas nos canais oficiais da Casa Nilo Morais, o um dos assuntos por parte dos vereadores Walter Buarque e Cristiano Nascimento, eram supostas difamações contra os legisladores da Câmara.

Vereadores Cristiano Nascimento, Idson Wanderley (Careca) e Walter Buarque na noite do dia 24 de Setembro de 2019. 
(Imagens Wilson Carvalho - Fotógrafo Oficial da Câmara de Vereadores)
Abaixo transcrevendo parte da publicação da Casa com pequenas anotações minhas, que merecem ser observadas por vocês que me acompanham.

Câmara de Vereadores - No dia 24/09, correu mais uma sessão na Câmara de Municipal de Barreiros, sob a Presidência do Vereador Careca e a presença dos Vereadores: Cristiano Nascimento, Amaro Serafim, Geraldo de Souza Leão, José Henrique, Josenildo Silva, Péricles Souza e Walter Buarque.

Notemos que dos 13 vereadores, todos os que falei que estavam presentes são confirmados pela Câmara em seu canal oficial no Instagram. Os demais, faltaram, o que não é novidade.

Câmara de Vereadores - O vereador e também presidente da Câmara solidarizou-se na tribuna com o Requerimento do Vereador Cristiano, onde solicita ao Prefeito para restabelecer a unidade do SAMU em nossa cidade, pois é de suma importância para população barreirense. Falou dos vários problemas existentes em nossa cidade. Mencionou também, sua revolta à pessoa que vem difamando os vereadores nas redes sociais, afirmando que o jurídico da Câmara irá tomar as providências.

O SAMU está paralisado há anos em Barreiros, desde outubro de 2017 e até o momento nenhum dos vereadores, inclusive o vereador Cristiano da Saúde, tem tocado neste assunto, só o fazendo agora, depois do vídeo que fiz dia 16 de Setembro. 

Na fala dele, o mesmo diz estar revoltado com supostas difamações (que não se confirma) contra os legisladores, à partir das redes sociais. Diz ainda que o jurídico da Câmara estaria tomando as providências. 

Câmara de Vereadores - O Vereador Walter Buarque, fez apelo na tribuna ao Prefeito para que tome providência sobre o problema da falta de iluminação pública. Comentou sobre a praça construída no alto da rodoviária. Falou também sobre a indignação com a pessoa que vem denegrindo a imagem dos vereadores nas redes sociais.

Outro assunto também abordado por mim no mesmo vídeo do dia 16 de Setembro e em outras publicações aqui neste blog e demais redes sociais. O que mostra que os mesmos usaram falas minhas para fazer suas colocações nesta noite. Apesar de tal assunto só vir à ser citado à partir das redes sociais da Câmara, à partir do dia 30, seis dias depois das falas dos vereadores, na Câmara Municipal.

Câmara de Vereadores - O vereador Cristiano, associou-se na tribuna as palavras do Vereador Walter. Apelou ao Presidente Careca para tomar providências em relação a pessoa que vem denegrindo os vereadores, e providências nas divergências que vem ocorrendo nas sessões entre os vereadores. Mencionou sobre requerimento de sua autoria.

Nota-se que a preocupação dos vereadores acima citados seriam por falas de alguém que estaria "manchando suas imagens nas redes sociais" e que por conta dessas supostas difamações os mesmos estariam entrando com ação jurídica contra este que tem feito tais alertas à respeito da Câmara de Vereadores, provocado os mesmos à trabalharem, além de comparecerem às sessões, coisa que eles estão cientes de suas constantes faltas.

Em suma, acima está todo o "trabalho" acontecido na Casa de Nilo Morais, naquela noite, 24 em que na mesma sessão aconteceu o ataque agressivo contra minha pessoa dentro da Câmara de maneira estúpida e covarde. Mas, como se vê, não mereceu nenhuma citação por parte dos legisladores. Que omitiram tal acontecimento dentro da casa legislativa. Certamente eles acharam de somenos importância.

Ao que se pode entender, é como se nada tivesse acontecido, e certamente estão tentando passar o pano por cima da ação covarde, dizendo ainda que estarão tomando providências jurídicas cabíveis, com o fim de amedrontar (acreditam) o agredido.

De fato, no dia 25 quando estive na Delegacia da Cidade, vi que parte ds legisladores, principalmente o Presidente da Câmara de Vereadores Idson Wanderley (Careca), lá estavam adentrando para providenciar as tais medidas cabíveis contra quem supostamente os estaria difamando. A Câmara, porém, termina por fazer um enorme favor, em publicar as fotos dos que estiveram presentes na Casa de Nilo Morais na noite da agressão.

Por outro lado, ao mesmo tempo que a Câmara diz que há alguém nas redes sociais supostamente difamando os legisladores (o que não é verdade), a mesma se baseia em vídeo postado por este suposto difamador para fazer requerimentos de situações cobradas por este mesmo, que eles agora dizem querer entrar com ação judicial contra.

Só agora em ano pré-eleitoral, com fins eleitoreiros é que os legisladores resolvem dizer que estão trabalhando na Casa de Nilo Morais pela cidade, quando a maioria das vezes aquela instituição se encontra de portas fechadas quase todas as semanas, com reclamações feitas online, por este blogueiro que vos escreve neste blog.
No dia 24/09, Ocorreu mais uma Sessão na Câmara Municipal dos Barreiros, sob a Presidência do Vereador Careca e a...