07 junho 2016

Prefeitura de Barreiros leva cerca de quatro semanas para concluir um trecho com menos de 5 metros de calçamento. Falta de material tem sido reclamada.

Terceira Travessa da Rua Santa Terezinha (Imagens Ed Soares em 07/06/2016)
Há cerca de um mês atrás trouxe informação aqui de que a Prefeitura de Barreiros estava com quase trinta dias sem concluir um trecho de rua com menos de 50 metros, na terceira travessa da Rua Santa Terezinha, na Prainha. Depois de um mês e quase vinte dias, finalmente, foi concluído o serviço, com diversas dificuldades.

Terceira Travessa da Rua Santa Terezinha (Imagens Ed Soares em 07/06/2016)
Hoje trago informação de uma parte, menor do que a anterior, no alto da mesma rua que dá acesso à ladeira da Escola Estadual Noronha Filho. Uma obra que poderia levar cerca de meio dia, ou no máximo um dia completo está sendo feito por pedacinhos. Um dia, os trabalhadores vem e retira os paralelepípedos, dois ou três dias depois eles retornam e colocam-os num local para facilitar o trabalho. Em alguns dias depois a prefeitura manda ao local pó de pedra, dois dias depois os trabalhadores colocam o pó de pedra no local adequado e ficam á espera de cimento para dar andamento á obra... e assim, como não existe fiscalização e a Prefeitura tende à fazer um serviço de curto prazo, à longo, os moradores daquela rua ficam à mercê da boa vontade, para que quando bem quiserem algo seja resolvido naquele pequeno trecho.

Terceira Travessa da Rua Santa Terezinha (Imagens Ed Soares em 07/06/2016)
Segundo informações, tem trabalhadores da área de obras que estão à cerca de dois à três meses sem trabalhar. Somando-se à falta de material, temos ainda a falta de pagamento por parte da Prefeitura, que sob a administração de Carlinhos da Pedreira e seu irmão e vice, Léo da Pedreira tratam tanto os servidores à nível de escravidão, quanto os cidadãos como um todo ao desprezo.

"Uma vergonha para nossa cidade", diz uma moradora do local, "ter um prefeito que nos trata como se fossemos nada. Mas, tudo bem, daqui à pouco ele e a patota dele estarão vindo à nossas portas em busca de votos. Já sabemos qual é a resposta que daremos."