16 maio 2016

Conselheiro Tutelar, Valter Rafael, revela descaso com Casa de Passagem de São José da Coroa Grande e diz que falta almoço para as crianças abrigadas.


O Conselheiro Tutelar, Valter Rafael, que tem feito um ótimo trabalho de fiscalização em sua área, na cidade de São José da Coroa Grande e adjacências daquele município, tem se destacado por querer e fazer a coisa acontecer, e para isso não tem medido esforços, cobrando e mostrando à sociedade coroense o que pode e deve ser feito pelo bem das crianças e adolescentes daquele município.

Recentemente, o Conselheiro Valter veio à público, numa das redes sociais ligadas à São José da Coroa Grande, via Whatsapp, expor mais um descaso para com o setor infantil/adolescente. Segundo ele, por falta de assistência por parte da Ação Social e da Prefeitura Municipal, tem crianças passando fome, sem almoço, seja por falta de alimentos ou por falta de gaz de cozinha, já que a Prefeitura Municipal não tem feito a parte dela, e de alguma maneira a Secretaria de Ação Social, igualmente, tem esmorecido em sua função.

Conselheiro Tutelar de São José da Coroa Grande, Valter Rafael 
- "Quero comunicar que temos adolescentes na casa de passagem (São José da Coroa Grande) que por descaso da Prefeitura e da Secretaria de Ação Social não houve almoço para pessoas abrigadas, por determinação da Justiça. Não teve almoço por falta de gás de cozinha e verduras". Informou Valter Rafael no grupo de bate papos Blog Ponto de Vista, de responsabilidade do blogueiro Welligton Ribeiro, que por alguma razão manteve-se calado, pedindo apenas que o conselheiro entrasse em contato com a Secretária de Ação Social.

O Conselheiro Valter, revoltado com o descaso que acontece na casa de passagem, oriundos da péssima administração atribuída à atual gestão de Elianai Gomes, esposa de João Baleia, que por sinal (ele) tem apontamentos na justiça por crimes graves na educação em Barreiros, como é o caso de desvio de verbas do antigo PETI, quando o mesmo era gestor desta cidade, logo pode-se ver que uma coisa liga à outra facilmente.

Valter Rafael espera que alguma solução venha à acontecer, pelos próximos dias, pelas crianças que encontram-se abrigadas na Casa de Passagem em São José da Coroa Grande, do contrário, o mesmo informa que irá ao Ministério Público denunciar o descaso em busca de resultados.

- "Se os Conselheiros não quiserem... mais eu irei ao Ministério Público... não me elegeram (como conselheiro) para ser palhaço da Prefeitura", diz Valter

O Conselheiro Tutelar, Valter, ainda informa que à poucos dias a Secretaria de Ação Social de São José da Coroa Grande, teria tentado fechar a casa de passagem daquela cidade, sem maiores explicações. Graças à ação conjunta e à esforços de alguns, tendo á frente o mesmo senhor acima citado, a casa ainda se mantem ativa.