23 setembro 2015

Vereador Olavo Aguiar (PMN) cria projeto de lei para proibir festas, shows e eventos em Ipojuca, Nossa Senhora do Ó e adjacências.


O Vereador Olavo Aguiar Seve, da cidade de Ipojuca, eleito pelo PMN com 1877 votos em 2012, ao que parece, não tem muito o que fazer, ou se tem, não está dando bolas para suas reais obrigações. Pelo menos é isso o que vemos em sua ultima "ação" na cidade de Ipojuca-PE.

O projeto de lei do Presidente da Câmara de Vereadores de Ipojuca, senhor Olavo Aguiar (PMN), proíbe a realização de shows, raves, e eventos privados com fins lucrativos com público superior à 500 pessoas na região de Porto de Galinhas, Maracaípe, Muro Alto, distritos de Nossa Senhora do Ó, Serrambi, Camela e Ipojuca.

Na semana que vem tal projeto de lei já entrará para votação na Câmara de Vereadores sob a presidencia do Vereador Olavo Aguiar. 

Para o nobre vereador, todas as festas para a região só devem acontecer se forem realizadas pela Prefeitura Municipal de Ipojuca.

A população daquela cidade, claro, está reagindo com indignação, tendo em vista que, quer queiramos ou não, muitas pessoas sobrevivem com o comercio realizado nestas festas, como os vendedores ambulantes e promotores de eventos que além de levarem atrações para a região, ainda empregam direta ou indiretamente profissionais para tais festividades.

A população pretende reunir-se em manifestação contra o Vereador Olavo na casa legislativa de Ipojuca na próxima sessão.

- "Temos que ir à plenária e na hora fazer com que essa vergonha caia perante ele mesmo. Isso é abusar do povo... Tantas outras coisas para serem feitas no Município e o cara vem com essa.." Disse Douglas, ipojucano, via Whatsapp.

O projeto de lei do Vereador ainda precisa ser aprovado em sessão, mas apenas na apresentação do mesmo que vazou tal informe, já causou para os munícipes o sentimento de absurdo do Vereador Olavo Seve, que certamente terá que dar boas explicações para a população, ante um projeto de lei que em nada contribui para o desenvolvimento de uma cidade conhecidamente turística, como é o caso de Ipojuca.