13 agosto 2015

Funcionários da Prefeitura de Barreiros poderão ir ao Ministério Público denunciar os não pagamentos dos créditos consignados.

A Prefeitura de Barreiros, sob a administração do Prefeito Carlos Arthur (PSB), conhecido popularmente como Carlinhos da Pedreira, poderá enfrentar pela frente um sério problema judicial. 

É que, segundo informações, ainda não oficiais, funcionários que estão sendo prejudicados e com o nome negativado no SPC e SERASA, estão se reunindo e poderão entrar com uma ação judicial para esclarecimentos do porque estarem recebendo cartas de cobrança, além de notificações por créditos consignados, que são descontados diretamente da fonte, mas que por alguma razão não chegam aos bancos.

Tem funcionário que diz estar com atraso no crédito consignado à mais de quatro meses, no entanto, os valores, com parcelas de até R$ 430,00, não é repassado para o Banco Santander.

Segundo ainda informam, quase todos os meses o prefeito tem recebido servidores da Prefeitura em seu gabinete e o mesmo diz que tudo está sendo resolvido. No mês seguinte à fala do Prefeito, o desconto acontece na folha de pagamento, mas os valores não chegam aos bancos.

Indignados e sem solução, sentindo-se humilhados, os funcionários estão mobilizando-se para entrar com uma ação pública contra o município, já que não tem como continuar desta forma.