26 outubro 2014

Os ultimos golpes de Aécio para vencer as eleições, à força.

Nada mais poderia se esperar de quem está em desespero. Inventar factóides e manipular informações está sendo uma estratégia descarada por parte do grupo que faz o PSDB e que está querendo com todas as forças subir ao poder. Num jogo de poder totalmente vergonhoso, ou como os petistas dizem, o PIG, as ultimas informações veiculadas pela VEJA, TV GLOBO e demais organizações alidas aos tucanos estão entrando em total desespero espalhando boatos, constantemente. 

A poucos instantes espalharam a "noticia" de que o doleiro Alberto Youssef, o delator da petrobras, no esquema que envolve tanto o PT e demais partidos como o PSB de Eduardo Campos e o PSDB de Aécio Neves, de que ele teria sido envenenado por petistas. No entanto é bastante sabido que o doleiro tanto denunciou o partidos do PT, quanto, e principalmente o PSDB de Sergio Guerra e o PSB de Eduardo Campos. 

Logo, se supostamente existe um tal "envenenamento" quem estaria por trás disso, ou quem perderia mais? Certamente muito mais o PSDB do que o PT. Afinal de contas, se formos levar em consideração, o PT já fez sua parte para o Brasil a mais de doze anos à frente da presidência. Os interesses maiores estão nas mãos dos tucanos que querem o poder à todo custo. Logo, quem pela lógica poderia ser apontado como suspeito principal no caso do suposto envenenamento do doleiro?

O blogueiro Magno Martis, que está cem por cento fechado com PSDB, divulga em sua página que Aécio Neves estaria sendo ameaçado de morte em redes sociais.

A Globo por sua vez diz que Aécio está na frente em todas as pesquisas, inclusive até, contradizendo-se, já que a mesma recentemente apontou em uma de suas informações tevelevisivas, que quem estava à frente era a candidata pelo PT.

Petistas revoltados com a matéria que a VEJA usou para desmerecer a imagem de DILMA e que por sinal editora Abril terá que retratar-se publicamente por mais uma mancha desnecessária, manifestantes tocaram foro e vandalizaram um dos prédios da editora Abril, insatisfeitos com o jogo sórdido que a mesma usou em matéria recente, estão dizendo que foi tudo arquitetado por Dilma e pelo PT, para de alguma forma livrarem-se da culpa de terem publicado informações contraditórias e caluniosas, inclusive omitindo nas mesmas informações de que o Doleiro teria citado o PSDB e o PSB, além de outros partidos, mostrando assim um lado deslavado de uma revista que está perdendo sua credibilidade no mercado.

Ontem à tarde aecistas fizeram uma manifestação nas ruas de São Paulo, fazendo o enterro, ainda que simbólico, da presidenta e candidata à reeleição, mostrando com este ato que, caso Aécio ganhe, todos os que votarem no PT se preparem. Já que o ódio divulgado contra o PT pode chegar ao ponto de barbáries em nome da ganância pelo poder.

Infelizmente é um jogo descarado, em que, quem paga mais, corre riscos sérios de ter que prestar contas àqueles que lhes financiaram suas campanhas. Aqui em Pernambuco, por exemplo, o PSB já está contabilizando os prejuízos e querem colocar na conta de Marina Silva, já que a mesma não ganhou as eleições e como os investimentos não foram poucos...

Um verdadeiro show de politicagem sem noção está em todas as mídias convencionais, e até nas não convencionais, em que o povo está acompanhando e analisando todos os erros de ambas as partes.