07 abril 2022

Gelateca Cultural “Um Ensaio no Jardim”


A Gelateca Cultural (Biblioteca Popular) Maria Betânia Carvalho, nasceu no bairro de Jardim São Paulo em 2018, fruto da idealização de alguns moradores do bairro, que entendem a necessidade e a importância da leitura e da cultura como um dos principais meios de mudança social. A ideia da Gelateca é promover eventos em torno de uma geladeira com livros que, muitas vezes, são doados pela própria comunidade e comunidades adjacentes que acreditam no projeto.

Procuramos incentivar os pequenos produtores, sejam eles artesãos, poetas e pequenos empreendedores do bairro, incentivando também a produção artística e cultural, além de movimentar a economia local. O bairro de Jardim São Paulo integra a 5ª Região Político-Administrativa do Recife, a Sudoeste da cidade, formada por um total de 16 bairros. Neste território existe um alto Índice de violência e uma enorme carência de incentivos para a diminuição desses índices, como por exemplo ausência de espaços de lazer, recreação e formação adequada, assim como reserva uma elevada carência de atividades culturais. A comunidade do Jardim São Paulo, vive a inventar e reinventar os espaços de interlocução com a cultura local, mesmo que sem o apoio de gestões ou governos.

Foi assim, por exemplo, com a edição do projeto Jardim Sonoro – evento cultural realizado na década passada, onde reunia as atrações periféricas, antes e sempre excluídas por falta de oportunidade e espaço. O engajamento e a construção desse projeto, assim como a realização dele, se faz necessário por enaltecer de forma simples, porém branda, as manifestações culturais regionais, tendo sempre uma visão de afirmação da Cultura Popular da Cidade, as diversas atividades que fazem hoje a nossa região ser conhecida como a região multicultural do Brasil. Aqui é vivido um cenário em que vários grupos da região estão encerrando as suas atividades pela falta de apoio, pela crise pandêmica, crise do poder público e setor privado.

A partir dessa análise, se percebeu que não havia nenhum lugar onde a gente poderia ter acesso a essa produção cultural e artística local de maneira sistematizada, daí surgiu a ideia de criar esse espaço onde os grupos da cena cultural e principalmente os marginalizados possam apresentar sua arte, vender seu artesanato, seu produto, cantar sua música, apresentar sua dança, seu teatro, sua manifestação cultural de forma ampla e geral autônoma, livre, nas mais diversas expressões.



Com a expansão de todas as ideias apresentadas anteriormente, surge o Ensaio no Jardim, que retoma a produção com encontro marcado para o próximo dia 9 de abril, das 13 às 22h, na Praça Central de Jardim São Paulo. Além da inauguração de mais uma biblioteca pública, a “Gelateca Professora Sueli Magna”, teremos apresentações musicais com a Banda Jahfé Roots, a Banda Se7epalhas, a Banda Verdes & Valterianos e Mayara Pera vai cantar com a participação de Isaar França, Igor de Carvalho, Zeca Viana e Ylana Queiroga; Discotecagem com a DJ Mana Rapha; Contação de histórias com Camilla Zilár e Maria do Socorro. Confecção de Máscara com os PalhaçoPimbo Batata Jonica Doce e a Palhaça Espirro, Teatro de Bonecos Mamulengo Jurubeba e Banda Vôte, o que é isso?; Oficina de Agroecologia e oficina de Desing de sobrancelha; Microfone aberto para poetas e poetisas (Lucas Marafa, Joy Tamiris,Giuseppe Massena, Gleison Nascimento, Valmir Jordão, Fábio Melo, Paulo de Carvalho, Jailson Poesis, Professor Emerson, Wilson Maraca e tantos outros e outras que aqui chegarão); Roda de diálogo com Cannibal; Vivencia de Yoga com Camilla Zilár; Atendimento psicológico inicial para Mulheres, com Mirthes Terapeuta; Mutirão do NPJ ( Núcleo de pratica Jurídica e Serviço Social da Uninassau); Além de uma feira astronómica e de artesanato durante todo o dia e sim, é claro que também estaremos emitindo Título de Eleitor.

Visamos principalmente o empoderamento dos grupos locais, através de lógica da construção coletiva e colaborativa, com a participação direta dos atores envolvidos no evento. A lógica da construção coletiva é a forma mais popular e educativa que encontramos de envolver grupos e organizações na produção e divulgação do seu próprio projeto artístico.

Sendo assim, lhe convido a participar e vivenciar este momento.

Assinam,
Atenciosamente, Coletivo Popular Gelateca Cultural.