20 outubro 2019

PSL de Luciano Bivar e o PP de Eduardo da Fonte poderão se fundir e tornar uma única sigla.

Eduardo da Fonte e Luciano Bivar, finalmente, poderão andar mais juntos do que antes, graças à um acordo entre os donos nacionais do PSL e PP.
Luciano Bivar e Eduardo da Fonte.
Luciano Bivar e Ciro Nogueira estão negociando uma eventual fusão entre o PP e o PSL. Nogueira ofereceu a Bivar o domínio total da Fundação Milton Campos e o comando do diretório de Pernambuco, além de assento na Executiva nacional do PP a deputados que migrassem com ele do PSL para a nova sigla nascida da fusão. A informação é do Portal Época.

Bivar ainda não topou porque teme perder poder demasiadamente.

Entretanto, a tese da fusão como solução para a crise é bem vista por Luciano Bivar.

Os deputados hoje no PSL e que não queiram continuar na nova sigla não perderiam o mandato, mas teriam que deixar para trás o dinheiro do fundo partidário e o tempo de TV a que tem direito.

Sob esta condição, o PSL deixaria de existir, conforme já é tratado desde algum tempo, e passará à incorporar, engrossando a legenda. o Partido Progressista.

Sendo assim, Luciano Bivar e Eduardo da Fonte poderão andar juntos já a partir das eleições de 2020.