03 outubro 2017

Deputado Ossesio reivindica instalações de postos policiais próximos a estações de metrô do Recife

Nas Estações de Metrô da Região Metropolitana do Recife,  passageiros estão assustados com a violência e insegurança. Essa é a realidade de mais de 500 mil usuários do metrô do Grande Recife. As investidas dos criminosos são cada vez mais violentas, colocando em risco a vida de passageiros e dos funcionários do metrô.

Deputado Estadual Ossesio Silva (PRB-PE)

Um dos meios de transporte mais rápidos e baratos da Região Metropolitana do Recife (RMR) tem se tornado também, na opinião dos usuários, um dos mais perigosos. Os constantes assaltos e até mortes nos trens e estações têm assustado quem usa o metrô do Recife. Uma violência que reflete na redução de usuários no sistema.

Preocupado com a situação, o deputado Ossesio Silva (PRB-PE) reivindicou a instalação de postos policiais próximos a todas às estações de metrô da rede. O objetivo é aumentar o efetivo da Polícia Militar, principalmente nessas localidades.

Não é justo que a população continue sofrendo por falta de segurança no metrô. Eu tenho que dá satisfação a sociedade que me cobra diariamente” disse Silva.

O parlamentar completou ressaltando sobre a crescente onda de violência que vem assolado o Estado de Pernambuco. “Esse é um dos motivos que estamos cobrando do Governo a instalação de diversos postos policiais próximos das estações e o aumento do efetivo policial. A sociedade clama por uma segurança pública mais eficaz e presente” alertou.

Atualmente, cerca de 500 mil usuários são transportados diariamente pelos trens do metrô. Existem 37 estações em operação e 40 trens e 9 VLTs (Veículo Leve sobre Trilho) são os responsáveis por levar e trazer os passageiros do sistema. Moradores dos municípios do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho são atendidos pelo modal. Porém, quem mora em outras cidades pode acessar as estações do metrô através dos terminais do Sistema Estrutural Integrado (SEI).

Números da violência no Metrô do Recife

Tanto dentro das estações, como no arredores  a violência vem ocorrendo com frequência. A maior parte da violência registrada no metrô é contra os passageiros. Em 20016 foram 143 casos contra usuários, seja nas estações ou nos trens, do total de 181 registros do ano. Roubos a passageiros nas estações, foram 93, além de 50 assaltos a usuários nos trens e 38 crimes contra o patrimônio, roubo a bilheteria, cabos da via, estações e subestações.