24 agosto 2016

Beto da Sensação (PTB-14) candidato à Prefeito de Barreiros foi honesto na divulgação de bens à Justiça Eleitoral. Os outros candidatos mentiram!


Na eleição municipal do ano de 2012, Beto da Sensação era candidato pelo mesmo partido, PTB. Naquele período, concorrendo igualmente ao cargo de Prefeito como um bom administrador e fiel à sua condição de empresário, quando precisou informar de seus bens à Justiça Eleitoral o mesmo não teve necessidade de esconder nada, revelando sem medo o total de seus bens e tudo o que dispunha, até então.
Fonte Portal Divulgação de Contas (Consulte aqui)

Atualmente, conforme pode ser consultado no Divulgação de Contas, mais uma vez solicitado, Dagoberto Queiroz, conhecido como Beto da Sensação, listou seus bens revelando possuir um total de R$1.477.937,95 em bens. Clique aqui e confira todos os bens relacionados.

Allan meu povo, conforme todos conhecem sua condição financeira não tinha o que relacionar, e portanto, em se falando de bens, o mesmo consta como 0 de bens relacionados.

O atual Prefeito Carlinhos da Pedreira, como é conhecido, que está em busca de sua reeleição, em campanha anterior, 2012, dizia em torno de duzentos e poucos mil reais, apenas. Não relacionou os bens que possuía, nem as fábricas que ele e seu irmão gerenciam. Ou seja, o engodo que ele jogou pra justiça, colou. 


Neste ano, o atual Prefeito vem à público, mais uma vez, não revelando seus bens de fato e diz que teria apenas uma aplicação de renda fixa no valor de R$ 207,80, uma aplicação em VGBL de R$ 39.155,52, e um rendimento, oriundo da Prefeitura de apenas R$ 150.000,00. Com um suposto total de bens com valor de R$189.365,32 em bens. Milagrosamente, não apareceu nas contas dele as informações de sua participação nas empresas em que ele a família são donos.

Mas o mais escandaloso mesmo, em se falando de mentir em sua lista de bens é o ex-prefeito, João Marcolino Gomes Junior, que é conhecido popularmente como João Baleia.

Dois prédios no valor aproximado de mais de meio milhão, cada, custam, nas prestação de contas de bens de João Baleia, no valor de apenas, 50 mil reais.

Segundo ele um prédio, localizado na Rua Ayres Belo, aonde hoje funciona o Supermercado Fênix, que tem um valor aproximado em torno de meio milhão de reais, custa, apenas R$ 10.000,00 (dez mil reais). Já o outro prédio, apontado por ele, que atualmente funciona o Banco Bradesco, com valor semelhante, cerca de quatrocentos à meio milhão de reais, custaria apenas, 40 mil reais.

Acredito que todos devem estar lembrados que na campanha de 2012 quando João estava candidato em São José da Coroa Grande, usou da mesma estratégia, mentindo em sua relação de bens. Atualmente volta à repetir a mesma mentira, descaradamente.

Como vimos, Allan que nada tinha o que mostrar, foi honesto em sua lista de bens.

Vimos também que de maneira honrada, o candidato à Prefeito Beto da Sensação foi fiel em relacionar seus bens, não deixando escapar nada à justiça. Isso mostra que caráter e personalidade e honestidade é pra poucos. Já os outros dois candidatos, como mostrado acima, infelizmente, usam de artifícios e engôdos até mesmo com  a Justiça.