28 agosto 2014

Armando: “Diálogo permanente com o servidor público”

Recife - Estabelecer um canal permanente de diálogo com o funcionalismo público, para, com a categoria motivada e satisfeita, poder oferecer à população um serviço de qualidade em todas as áreas do Estado. Esta é a intenção do candidato ao governo de Armando Monteiro (PTB), detalhada e explicitada durante encontro com a base do Sindicato dos Servidores Públicos de Pernambuco (Sindserpe), realizada nesta quinta-feira (28), na sede da entidade, no bairro de Santo Antônio, na região central do Recife. 

Acompanhado dos companheiros de chapa Paulo Rubem (vice) e João Paulo (senador), Armando ouviu do presidente do Sindserpe, Renílson Oliveira, um breve relato das mazelas que acometem os 26 mil servidores estaduais.  Ainda presentes à reunião, os ex-presidentes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Pernambuco, Dílson Peixoto (que concorre a uma vaga na Câmara Federal) e Sérgio Goiana (candidato a deputado estadual pelo PT), além do atual, Carlos Veras.

Renilson entregou a Armando um documento com um diagnóstico sobre a atual situação da categoria e do serviço público em Pernambuco. “É um retrato das mazelas, gargalos e demandas. Não queremos tudo do Estado, mas sim transparência”, disse Oliveira.

Primeiro candidato a governador a visitar a sede do Sindserpe, Armando garantiu aos servidores que valoriza as instâncias de negociação entre governo e funcionários. “A minha disposição será a de fazer um diálogo respeitoso e permanente. Vou avaliar o documento e ver os pontos que poderemos acrescentar ao plano de governo”, reforçou. “Também me comprometo a mostrar os limites de forma clara e transparente”, destacou o senador licenciado.

Armando garantiu que a capacidade de diálogo com os servidores será um aspecto essencial na Secretaria de Administração. “Não precisamos de um perfil apenas técnico. O bom secretário tem que ter uma boa capacidade de diálogo, visão e posicionamento sobre o serviço”, destacou.