18 março 2019

Para um em cada quatro brasileiros o governo Bolsonaro é ruim ou péssimo.

Pesquisa XP/Ipespe, que foi realizada entre 11 e 13 de março com pessoas de todo Brasil, indicou que 24% da população consideram o desgoverno de Jair desastroso.


Em menos de três meses de mandato, Jair Bolsonaro (PSL) já expôs o Brasil aos mais variados vexames e às mais diversas propostas prejudiciais ao povo brasileiro. Ele quer acabar com o seudireito de se aposentar com dignidade e está dando continuidade à desastrosa política de Michel Temer com a reforma Trabalhista. Além disso, nome da família Bolsonaro está ligado à milícias cariocas e sua subserviência aos Estados Unidos coloca em risco a soberania nacional. A disseminação de fake news já é notícia no mundo todo.

Todas essas ações estão gerando uma resposta da população. Uma pesquisa da XP/Ipespe, realizada entre 11 e 13 de março, mostra que 24% da população, um em cada quatro brasileiros, avalia o governo de Jair Bolsonaro como ruim ou péssimo, um aumento de 7 pontos percentuais em relação ao mês passado. O número de pessoas que considera o mandato ótimo ou bom caiu três pontos percentuais.

A expectativa de uma gestão positiva caiu seis pontos percentuais. A pesquisa também fez questionamentos sobre as ações específicas de Bolsonaro e a resposta também não é nada favorável à Jair. 59% dos entrevistados julgaram inadequada a postagem no Twitter oficial de Bolsonaro com imagens sexuais.

Outro ponto é a Previdência dos militares, aquela que Jair não quer mexer, que também é questionada pela população. 55% dos entrevistados apoiam mudanças na aposentadoria dos oficiais brasileiros.

A pesquisa foi feita por telefone e ouviu 1.000 entrevistados em todas as regiões do país. O nível de confiança é de mais de 95% e a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.