18 março 2019

Em Barreiros temos apenas três vereadores na oposição contra Elimário (Prefeito), Thomazinho (Vice) e João Baleia (Prefeito Oficioso)

Os Vereadores Luciano do Peixe, Nivaldo Brito e Wellington Aleixo, são a única oposição contra a atual gestão em Barreiros, os demais, estão todos de braços cruzados.
Pela composição de números de habitantes e eleitorado a cidade de Barreiros tem na casa legislativa treze vereadores eleitos. A obrigação desses vereadores é criar leis para melhoria de vida de seus munícipes, além, claro, fiscalizar as contas da Prefeitura e atitudes dos Prefeitos à frente do poder. 

Em período de campanha, como todos sabemos e estamos cansados de saber, cada um parte para cada lado apoiando este ou aquele candidato por que precisam igualmente serem eleitos. Depois de eleitos eles podem continuar defendendo a nova gestão ou em algum momento virar as costas e fazer de fato seu dever de casa. No entanto, é obrigação de todos fiscalizar, cobrar e expor o que está acontecendo na cidade para que todos os cidadãos saibam de como seu dinheiro público está sendo administrado.

Alguns vereadores, claro, com o rabo preso por diversos fatores com cada prefeito de cada período ao invés de cobrar ações do governo fazem questão de mostrar à todos que estão no bolso do poder executivo e pouco fazem para provar que estão atuando pelo povo que o elegeu. 
É o que está acontecendo na cidade de Barreiros, na gestão em que há três prefeitos à frente do poder. 

Em nossa cidade temos Elimário Farias, que é o prefeito de fato, aquele que assina documentos e que responde por erros e acertos; temos o vice-prefeito, Thomaz Baleia, filho do ex-prefeito deste município que não pode há anos ser candidato à nada, por conta de processos e sentenças contra o mesmo por atos comprovados de corrupção; e temos João Baleia que é o tal ex-prefeito, pai do vice e mandatário dos dois prefeitos oficiais, e que mesmo assumindo uma pasta de "secretário do governo" é ele quem dá todas as cartas e manda na administração de fato, de maneira à envergonhar qualquer pessoa à frente do poder administrativo.

No entanto, nada há de novo sob o solo barreirense, uma vez que na gestão anterior, o ex-prefeito Carlinhos era apenas o prefeito oficial, enquanto sua família mandava e desmandava em todos os atos de seu mandato, transformando-o num dos piores prefeitos que Barreiros já teve a infelicidade de conhecer. Elimário é apenas uma cópia de Carlinhos da Pedreira. Ou seja, os eleitores barreirense trocaram seis por meia dúzia, como diz o ditado.

Dos atuais vereadores que ao todo somam 13, há apenas 3 deles que podem ser considerados oposição à gestão de Elimário Farias, Thomaz Baleia e João Baleia. Os demais, segundo suas condições e interesses particulares estão todos calados agindo vergonhosamente como se de fato fossem parasitas, conforme citou o Padre Antonio Guilherme da Paróquia São Miguel, ano passado, em um áudio dele que rolou nas principais redes sociais da cidade e região, quando o mesmo cobrava ações á favor da Creche Perfeita Alegria, que mais uma vez estava sem condições de continuar ajudando crianças, mães e pais, que necessitavam e necessitam daquela instituição, mas que por conta das diversas falhas do poder público no repasse de verbas para dar continuidade ao importante serviço social daquele órgão à população barreirense, a mesma mais uma vez teve que fazer apelo à população para que seus trabalhos não sejam paralisados.

Os vereadores Luciano do Peixe, Wellington Aleixo e Nivaldo Brito, são os únicos, segundo pude apurar, que estão tentando pressionar o poder público na cidade de Barreiros. Juntos eles fazem de um tudo para dar resposta aos munícipes sobre seus trabalhos, mas que, sem ajuda dos demais outros 10 legisladores nada estão conseguindo fazer já que estes outros cruzaram os braços e mesmo vendo que há servidores sem receber ou a cidade em completo caus financeiro, estão dispostos à defenderem seus bolsos e/ou seus interesses, não fiscalizando os prefeitos, fingindo que nada está acontecendo na cidade.

Ainda, segundo pude apurar, há requerimentos por parte destes três vereadores que já foram encaminhados à Prefeitura, pedindo explicações sobre ações financeiras  da atual gestão mas que não obtiveram resposta por parte do poder público, e como há apenas três contra dez na Câmara, suas ações são praticamente vistas como piada por parte dos demais outros legisladores que, repito, cruzaram os braços. 

Parece piada que todos os dez vereadores estejam fingindo que nada está acontecendo na cidade de Barreiros, e que estejam cruzando seus braços, enquanto tanta coisa está acontecendo. Mas é a mais pura realidade.

Há que lembrar que destes vereadores, alguns deles eram oposição à atual composição de gestores, apenas quando no período da eleição de 2016. Assim que a nova gestão assumiu, essa "oposição" acabou rapidinho por conta de possíveis acordos financeiros.

Vale lembrar que os Vereadores Wellington Aleixo e Nivaldo Brito, embora tenham sido eleitos dentro da chapa do PDT, hoje estão agindo contrariamente à essa nova gestão, ao contrário dos demais que estavam ladeados com a antiga gestão mas já estão de braços dados com os atuais gestores, como se fossem verdadeiros ratos de esgoto no faro à podridão.

Luciano do Peixe, foi eleito na base da ex-gestão Carlinhos da Pedreira, e naturalmente continua na oposição aos atuais gestores.

Já aqueles que diziam nos palanques serem contra João Baleia hoje estão todos lado à lado com ele em seus projetos, o que mostra à todos a falta de caráter por parte destes que estão unicamente interessados em seus projetos políticos e financeiros, nada mais.

Algumas das ações que foram aprovadas contra a população barreirense e a favor da nova gestão tiveram a ação político/partidária destes vereadores, os dez, que pouco estão ligando para a opinião pública, e para o povo da cidade.

Vale também fazer lembrar que as sessões que deveriam acontecer religiosamente todas as semanas, nem sempre acontecem por que a maioria dos legisladores não estão indo à casa legislativa, o que por falta de número destes, a Câmara não pode realizar as sessões segundo regimento interno, e os que faltam são aqueles que, confortavelmente, estão ladeados com a atual gestão.

A esposa do Prefeito oficial, Ivalda Farias é uma das tais que não ousaria de forma alguma, opor-se contra Elimário e/ou João Baleia, por motivos óbvios, afinal de contas, esta é, além de vereadora, a primeira dama da cidade.