15 setembro 2018

Sete razões para você repensar seu voto em Bolsonaro

Há muitos textos que merecem um tanto de atenção, quando publicados pelas redes sociais. Alguns outros, no entanto, a gente passa por longe, mesmo depois de ter dado uma conferida. 

Esse que trago abaixo, copiado por mim do perfil de Marta Almeida no Facebook, uma barreirense, merece que analisemos com aquela atenção especial. Confira o texto completo abaixo.

Se você

1Vota no Bolsonaro porque ele é de direita: você está errado. Ele é estatista, votou contra o plano real e prega um estado forte e uma economia estatizada, mesmo que tenha arranjado um economista liberal pra "suavizar". Melhor votar no Amoêdo, Meirelles ou Alckmin.

2Vota no Bolsonaro porque ele é honesto: mentira, a assessora que ganha salário do governo que nunca vê enquanto vende açaí em vez de trabalhar no gabinete é uma prova, o nepotismo (que ele sempre defendeu) é outra, os 200 mil de propina (consulte aqui) que a campanha dele recebeu e que depois mandou para o partido e o partido depositou na conta dele os mesmos 200 mil dos recursos do fundo partidário são outra. Melhor votar na Marina.

3Vota no Bolsonaro porque ele vai cuidar da segurança: você está errado. Ele era um militar indisciplinado, fez um monte de cagada, a caserna o odiava e ao longo de 30 anos de vida pública ele não fez absolutamente nada pelo Rio de Janeiro, não aprovou uma emenda sequer pra reequipar a PM, não tentou aprovar uma mísera lei para melhorar os salários dos PMs, não tem um plano de segurança pública e, caso você não saiba, segurança é atribuição do seu governador. Aliás, se você quiser segurança de verdade, tem que votar em alguém capaz de mitigar a pobreza. E este não é o Bolsonaro. Melhor votar no Alckmin, que pelo menos tem um registro forte no currículo, SP é um dos estados mais seguros do Brasil.

4Vota no Bolsonaro porque ele é competente: mentira, ele teve uma vida parlamentar medíocre, um histórico de votações pífio, não aprovou nada. Melhor votar no Meirelles, Ciro, Alckmin ou Marina, que têm experiência administrativa e resultados em suas gestões para mostrar, à frente de governos e ministérios.

5Vota no Bolsonaro porque ele é conservador nos costumes: se você acha que ser conservador nos costumes é achar que ter uma filha mulher é um erro, que estupro é uma banalidade passível de piadinhas, que ser gay é um pecado ou que a culpa do Brasil estar na merda é do índio preguiçoso ou do negro incompetente, então realmente fique com ele. 

Não conheci nenhum outro candidato com um discurso tão venenoso e pouco respeitoso. Mas há candidatos conservadores, como Amoêdo e Alckmin

6Vota no Bolsonaro porque ele representa o “novo”: ele tem 30 anos de vida pública e foi do partido mais corrupto do Brasil. Vota no Amoêdo, então.

7Vota no Bolsonaro porque ele apoia a ditadura: aí eu não posso fazer nada. Ele realmente é o seu candidato. Os mortos e torturados, como a mãe do meu professor do colégio que levou uma barra de ferro com eletrodos na vagina antes de ser acorrentada num jipe e arrastada pelo estacionamento do Dops, nua, ferida, humilhada e estuprada, apenas porque não quis confirmar que o irmão dela tinha estado numa passeata, te agradecem

Ou o vizinho de um parente, cujo único crime foi namorar uma menina do MR8 (ele não era da luta armada) e ter sido preso junto com ela sem provas, ter sido torturado por meses na Ilha Grande e, finalmente, quando a mãe recebeu autorização para vê-lo, a mãe se matou. A notícia de que o menino morrera veio dias depois. A família dele também te agradece.
Se conhecêssemos nossa história Bolsonaro não seria candidato

Em suma: Bolsonaro é o pior que a política pariu nos últimos anos, tão nocivo para a democracia quando Chavez ou qualquer outro que envergue um discurso antidemocrático, tão nocivo para o mercado - e para o seu emprego - quanto qualquer estatista, tão inútil para endereçar os problemas reais do Brasil quanto um analfabeto funcional e tão moralmente absurdo quanto qualquer psicopata que existe por aí.


Brasil acima de todos, Deus acima de tudo! Cristãos armados e se preparando para matar em nome do Messias.


Mas ele é o rei da lacrada. Se você acha que um presidente precisa "lacrar" em vez de governar, vá em frente.

Texto copiado do perfil público de Marta Almeida no facebook na cidade de Barreiros-PE, publicado no dia 12 de Setembro de 2018.