12 março 2014

Mais troca de tiros e sinais de violência em Barreiros

Ontem, enquanto estava fazendo a postagem anterior á essa, escutamos de nossa casa troca de tiros, vindo do Bairro dos Lotes. Minha esposa e eu moramos no Bairro vizinho, Prainha. Rapidamente, vimos pelas redes sociais de onde vinham os tiros e confirmamos com contatos nossos, via bate papo do facebook, que se tratava de mais uma troca de tiros no local conhecido como Alto da Gaia, atualmente chamam de Alto da Boa Esperança, no Bairro dos Lotes, na parte alta da Rua José Martins Lamoure.

É mais um foco concentrado de bandidos com troca de tiros, colocando moradores em risco de vida.

E ainda tem pessoas nas redes sociais, principalmente aqueles e aquelas que estão comendo algo da prefeitura municipal que vem à publico praticamente dizer que estamos em paz, e que nada está acontecendo.

Sinceramente, onde vamos parar? Será preciso que haja mais mortes, conforme pediu para que acontecesse o senhor Charlton Paulo, em crítica sem noção à partir de seu perfil no facebook, pedindo o mesmo, por sinal, que nós que estamos passando por apertos dessa monta, nos mudemos?


Queremos saber do governo do estado o que é feito do pacto pela vida?


O que foi feito dos 15 mil policiais novos que o mesmo disse que colocaria nas ruas de nosso estado para defesa da população pernambucana?

O que o senhor Eduardo Campos (PSB), que quer ser presidente de nosso país está fazendo à favor da segurança, se o que estamos vendo é a insegurança se alastrar em nosso estado?

E o pacto pela vida, é para a vida do povo ou apenas dos abonados?



Barreiros está vivendo dias de terror e medo. Nosso comercio assustado. Moradores dos bairros um pouco mais distantes do centro da cidade estão vivendo sitiados, sem poderem sair ou chegar em casa sossegados, já que policiamento de fato, não temos.

Tanto o governo estadual tem se mostrado ineficiente nesse quesito em questão, quanto e principalmente nosso governo municipal.

Não faz muitos dias, e uma viatura policial foi surpreendida com bandidos fortemente armados, quando os mesmos estavam seguindo para fazer uma ronda no bairro de Baeté.

E ainda encontramos pessoas, simplesmente à dizer que a violência é geral, é nacional, não apenas em Barreiros.



Tá, mas se a mesma está se alastrando não deve-se detê-la? É isso que a mensagem passa, ou estou enganado?

Infelizmente ainda encontramos comentários dessa natureza da parte dos familiares do prefeito, em redes sociais, á zombar dos barreirenses, conforme imagem abaixo.



Algumas pessoas, infelizmente, só param para pensar nas coisas, quando são atingidos em seio familiar por tais atos que tentam esconder, ou fingir não ver.

E o que á mais interessante é que quando apontamos certos erros, do que está acontecendo em nossa cidade ainda somos chamados, ridiculamente, de invejosos.

Pode uma coisas dessas?