30 novembro 2018

O município de Barreiros poderá optar por uma 3ª via para mudar sua realidade política e social?

Nestas ultimas duas décadas a cidade de Barreiros, localizada na Zona da Mata Sul de Pernambuco, distante á cerca de 109 km de Recife, tem dado mostras de estar paralisada econômica, social e politicamente falando. Nossa economia, antes fortalecida pela indústria do açúcar hoje sobrevive diretamente do comércio local, que pelo menos neste setor ainda continua atuando graças ao empresariado que acredita e investe em nosso município.

Porém, politicamente falando, o que estamos vendo ao longo desses anos é apenas uma alternância de poder para cargos públicos à serem ocupados desde o legislativo ao executivo por pessoas e/ou "agentes" ligadas à famílias abastadas que investem pesado (na casa dos milhões) para ocuparem estes setores nos cargos de vereador ou prefeito com o fim único de usufruírem da máquina pública. Nada além disso!

Não há desenvolvimento de nada na cidade. Nenhuma forte indústria é chamada para cá e as promessas daqueles que dizem que vão trazer fábricas de ventiladores ou construír um pólo industrial são apenas balelas e falas soltas jogadas ao vento que nunca se cumprem, apesar de serem sempre lembradas em todos os anos políticos. Ou melhor dizendo: são meras promessas de investidores políticos durante as campanhas eleitorais.

Os empresários são candidatos que investem milhões de reais, comprando votos, parcerias eleitoreiras e nada mais além disso. O projeto deles visam apenas ganhar as eleições e por sua vez, os cargos públicos. Gozarem dos valores altamente pagos, tendo o retorno via empresas particulares agregadas à câmara de vereadores ou prefeitura, recebendo como altas somas do que foi investido, superfaturamentos de licitações que no fim das contas, quase nunca são investigados e mesmo quando há alguma investigação a punição nunca chega, podendo eles dizerem que "o crime compensa".

Enquanto isso, todos os investimentos vindos para a cidade oriundos dos cofres públicos do estado ou do governo federal se perdem, por água abaixo, em projetos escusos cujos valores são repassados, a maioria por empresários laranjas de empresas fantasmas, ligados aos políticos corruptos que agem acobertados pelos becos da lei, fraudando e locupletando-se do que é do povo e que nunca chega à população. Exceto as migalhas.

Durante anos temos visto candidatos com altos valores investirem fortunas nas campanhas municipais, ganhando as eleições à base da compra descarada de votos e do abuso de poder, sejam eles ligados à câmara de vereadores ou diretamente à prefeitura. E, também durante anos vemos nossa cidade arrastar-se à custa dos pagamentos dos altos tributos que temos na região.

O barreirense, contudo, parece que está se alertando para a realidade social, econômica e política do município e poderá, nas eleições de 2020, mudar um pouco o cenário local, não optando mais pelas mesmas figurinhas (cartas marcadas) que compram os cargos e depois dão verdadeiras bananas para a população que, sem emprego, sem perspectivas, sem nenhuma noção ou visão de futuro, tendem à penar por quatro longos anos á custa do erro de seus votos.

Mas, tudo indica que para a próxima eleição, baseando-se já numa visão antecipada pelos meses à nossa frente, o cidadão barreirense poderá não mais optar pelos blocos políticos que formaram-se na cidade nos últimos anos, possivelmente não escolhendo as mesmas figuras marcadas, optando por uma terceira via em busca de dias melhores para o município, tornando essa terceira a primeira escolha ante o quadro político que já se desenha.


Mas, quem ou qual será esse novo nome, essa terceira via, à apresentar-se como opção para o barreirense, pelos próximos dias, no cenário politico local?

Isso, certamente, é o que veremos, observando o comportamento daqueles que deverão se destacar no meio social na cidade de Barreiros pelos 24 meses que teremos antes das eleições de 2020.

Até lá, claro que teremos muito chão à trilhar, mas já podemos avistar alguns caminhos que serão e estão sendo trilhados politicamente falando. E é o que falaremos nas próximas publicações, voltando o olhar para a realidade do povo de Barreiros e o cenário de transformações que está prestes à acontecer por aqui.