19 outubro 2018

Militantes de Bolsonaro prometem mandar pra vala (matar) pobres, assim que ele for eleito.

Nem só de Fake News vive Bolsonaro, há também perfis reais que, em nome do "Messias" estão dispostos à cometer toda sorte de barbaridade e covardia em nome de seu líder, prometendo inclusive "mandar pra vala" (matar) por "amor" á ele. O que é lamentável! 

Porém, há sinais claros de que a pregação de ódio e violência feitas constantemente por Jair Messias Bolsonaro contra os pobres e os que são considerados seus oponentes, tem surtido efeito, levando pessoas ao fanatismo, como neste caso dessas imagens abaixo.


Um empresário, de nome Jader Berto Holanda Donato Junior, seria o responsável por um dos grupos intitulado OPRESSORES RN 17 no Whantsapp ligado ao candidato do PSL.

Jader Jr, conforme consta na imagem acima teria feito esse tipo de juramento ameaçador à supostos quatro moradores próximos de sua casa, em Natal, Rio Grande do Norte.

"E, quando a vitória se confirmar vou botar na vala uns 4. Certeza. Já tão marcado. Moram aqui perto de casa". conforme fala dele, que, pelo que consta acima, é portador do numero (84) 99468756, conforme print publicado.

Um outro usuário dentro do grupo, de nome Alecson, responsável pelo número (84) 99210251 diz

"Falando nisso, já tô com mais 4 parceiros pronto para domingo. Botar pressão nos pobres fudidos" configurando mais um tipo de ameaça certamente contra petistas tidos em sua grande maioria como pobres, por serem de esquerda, embora a mensagem não seja especificamente aos não votantes de Bolsonaro.

Em resposta ao Alecson, o Jader Jr (consta assim no grupo, conforme prints) diz que:

"Até por que, matar pobre ou bandido dá no mesmo (kkkk), vai tudo pra vala. Menos um bolsa família pra nos fuder".

Após a divulgação de suas falas nas redes sociais os donos dos números sumiram do Whatsapp, desativando suas contas imediatamente para não serem descobertos. Coloquei os números na agenda, atualizei para saber se eles ainda estavam com eles ativados, mas constou como se não mais existentes.

As falas acima são gravíssimas. Bolsonaro tem criado um exercito de possíveis assassinos, homicidas, dispostos à tudo e à todo ato de covardia contra qualquer outro ser humano que não apoie seu lado politico ou suas ideias fascistas.

Vários atos de covardia já foram e estão sendo cometidos em todo o Brasil, dando-nos sinais claros de que Bolsonaro tem feito acordar atos irracionais e violentos contra qualquer pessoa que não faça parte de seu exercito de loucos.

Com a promessa de armar aqueles que tiverem condições de comprar armas, Bolsonaro parece estar dando autorização à seus seguidores para cometerem toda sorte de crime, supostamente cientes de que estarão eternamente impunes.