24 março 2018

Se Marielle Franco também defendia Policiais, no Rio de Janeiro, eles devem ser considerados Bandidos?


Depois da execução da Vereadora e Defensora dos Direitos Humanos, Marielle Franco, no Rio de Janeiro, centenas de pessoas passaram à compartilhar e postar citações, das mais absurdas possíveis, dizendo, segundo eles, que Direitos Humanos protegem Bandidos, além de ridiculamente dizerem que Marielle queria o fim da Policia, etc...

Muitas dessas afirmações, partiam de pessoas que intencionalmente queriam matar, depois de morta, a imagem da vereadora carioca, pelo fato de a mesma ser mais uma das integrantes do PSOL, um partido de esquerda, que tem lutado reacionariamente à favor de gente, do povo.

Este vídeo abaixo, de Gregório Duvivier, trás algumas realidades que acredito ser interessante que analisemos com bastante cautela.

Mas, antes de assistir o vídeo, se a preguiça mental de alguns de direita, permitir, é bom que responda à uma simples pergunta:
Se os DIREITOS HUMANOS defendem BANDIDOS, como muitos estão afirmando nas redes sociais, de maneira infeliz, então, quando Marielle Franco defendia POLICIAIS ou familiares deles no Rio de Janeiro, que eram desprotegidos pelo estado, ELES ERAM BANDIDOS?