13 março 2018

Prefeitura de São Lourenço da Mata escuta demandas dos produtores rurais do município

Responsável por 2,3% da economia do município de São Lourenço da Mata, a atividade agropecuária  é foco de uma iniciativa da administração municipal que pretende fortalecer a agricultura familiar a partir do apoio técnico e da melhoria da infraestrutura. Secretários da Prefeitura, acompanhados de vereadores e lideranças rurais, colocaram em ação, na última semana, um programa de visitas à zona rural do município. O objetivo da visita foi identificar as necessidades dos moradores da região.


Algumas medidas já estão sendo estudadas, como a aquisição de novas máquinas agrícolas e melhorias nas estradas locais, para facilitar o escoamento da produção. “Em dias de chuva, fica muito difícil escoar a nossa produção porque não conseguimos passar. Melhorar as estradas vai facilitar bastante a nossa vida”, destaca Francisco de Araújo, secretário de Política Agrária do Sindicato dos Trabalhadores e Agricultores e Agricultoras Familiares de São Lourenço da Mata. De acordo com Araújo, cerca de 800 famílias estão distribuídas em 13 assentamentos de reforma agrária no município.

Para melhorar a produção agrícola do município, o prefeito Bruno Pereira (PTB) está prestes a assinar um convênio entre a Prefeitura de São Lourenço da Mata e a Universidade Rural de Pernambuco (UFRPE), por meio do Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas (Codai). A proposta é viabilizar uma equipe de extensão rural, que visitaria as propriedades rurais para dar assistência técnica aos agricultores. “São trabalhadores que precisam do nosso apoio para garantir uma produção de qualidade. O que estiver dentro das nossas possibilidades, nós faremos", afirma Pereira.

Atualmente, a agropecuária são-lourensense tem na cana-de-açúcar sua atividade principal, que ocupa 3.000 hectares do município e responde pela produção de 165 mil toneladas do produto. O fortalecimento de outras culturas, como o abacaxi e pecuária, está no foco da Prefeitura de São Lourenço da Mata.