13 março 2018

Armando diz que as mulheres devem atuar na política, mas será adversário de Marília Arraes ao governo do estado em Pernambuco.

No dia 08 de Março, dia internacional da mulher, o senador e ex-ministro Armando Monteiro do PTB de Pernambuco em brilhante discurso afirma que é preciso mais engajamento da mulher na política

Conforme coluna no portal do PTB nacional "o líder do PTB no Senado Federal, Armando Monteiro (PE), criticou, na quarta-feira (7), a pouca participação das mulheres na política brasileira. Em discurso no plenário do Senado sobre o Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta quinta-feira (8), o petebista citou estudo recente que coloca o Brasil na 115ª posição, num ranking de 138 países, em participação feminina na política".


Contrariando suas próprias palavras, as ações do Petebista difere de suas falas. Em Pernambuco o senador tornou-se rival político de Marília Arraes e arrebanha mais homens do que mulheres à sua candidatura ao governo do estado, além de opor-se à uma mulher no campo político.

Apesar de n
o discurso, Armando Monteiro fazer questão de homenagear as mulheres pernambucanas, “verdadeiras heroínas, que marcaram a história pela sua luta política, bravura e determinação” em nosso estado pernambucano o mesmo se posiciona como oposição a uma política e candidata feminina.

Marília Arraes, hoje integrante do PT pernambucano, foi recentemente abraçada pelo Lider Petista, Luiz Inácio Lula da Silva, que deu aval à sua candidatura para o governo de Pernambuco. Apoio esse que tem desagradado alguns, até mesmo dentro do partido, como Odacir e José de Oliveira, petistas, que vêem-se "ofendidos" com apoio que Marilia tem recebido tanto por integrantes dentro do PT, quanto fora dele.