14 agosto 2017

Porque não faço mais postagens anônimas em meu Blog.


Durante anos publicava em minha página principal, www.BLOGDOED.com, postagens de reclamações de alguns de meus leitores, barreirenses e/ou coroenses publicações que me eram trazidas por muitos que, de uma maneira ou de outra, me informavam que "trabalhavam em departamentos públicos", situações que, de fato, eram constrangedoras, por atuação de administradores como Carlinhos da Pedreira (PSB), ex-prefeito de Barreiros, Elianai Buarque (PDT), ex-prefeita de São José da Coroa Grande, João Baleia (PDT) ex-prefeito de Barreiros por dois mandatos, e que agora manda no atual Prefeito, Elimario Farias (PDT) que mudou de partido à mando deste último.

Nas vezes que eu recebia informações à serem publicadas em minha página que atualmente assino como www.EDSOARES.com aceitava os pedidos de anonimos por parte de muitos de meus informantes. E assinava as matérias que iam ao ar, várias vezes com a informação de que tal pessoa ou tal funcionário que não poderiam divulgar seus nomes por medo de retaliação. Claro que a minha era, como sempre foi, a melhor das intenções, e agindo assim, salvaguardava a vida pública de quem queria se esconder, colocando minha cara à tapa, nas publicações e postagens que trazia para meu blog.

Curiosamente, depois de um tempo, quando a situação era resolvida e os problemas eram sanados, via as mesmas pessoas que denunciavam-me os descasos, lado à lado com aqueles que, na grande maioria das vezes, posicionavam-se contra o Blogueiro, pelas postagens que iam ao ar.

Não é novidade que no dia 17 de junho de 2015 atentaram contra minha vida, com dois tiros, por conta de minhas postagens que mesmo inocentes tornavam-se polêmicas. Passei alguns meses acamado, recebendo ajuda apenas de minha esposa que sempre esteve ao meu lado, em tudo e por tudo. 

As visitas à minha casa, em função de meu estado ficaram limitadas à pouquíssimas pessoas. Lembro de nome as pessoas que me visitaram, que foram recebidos de coração e que vieram à minha residência com seus corações abertos. Mas, não menos curioso, observei que 99% das pessoas que “me aplaudiam” sequer pensaram em me visitar. Uns, por que não iam mesmo, por não querer, outros por que tinham “medo de perder seus empregos e suas facilidades” com as gestões, as quais falei acima.

Vitória Régia, Billy Zen e sua esposa Daniele Maria (este casal não falta nunca em nossas casas, antes do lamentável episódio, durante e depois, são parceiros nossos), Gilberto Ferreira. Estes nomes são dos integrantes do grupo doutrinário que participo. Os demais, espíritas, viraram as costas para o blogueiro, pelo simples fato dele ser polêmico e ir de encontro às suas “convicções politiqueiras”, por não quererem-se ser vistos ao lado daquele que muitas vezes lhes defendeu online, suas condições empregatícias, sejam à nível estadual ou municipal. Tive ainda a infeliz surpresa em saber que sequer fizeram uma prece em meu mais precário estado, apesar de “terem ligado para meu celular ou o celular de minha esposa no dia da tentativa de minha morte”. Claro que foram três pessoas, as que me ligaram. Mas a casa não era composta apenas por estes.

À tudo e a todos observava tanto por suas poucas ou raras palavras, quanto por seus silêncios. A questão moral, segundo a parte moralizante da doutrina dos espíritos, fora deixada em segundo plano, à força de seus posicionamentos politiqueiros.

Fora de meu circulo doutrinário, lembro-me das visitas de outras pessoas, não menos importantes, que merece minha citação como é o caso do amigo Alvaro Alves e sua esposa MariinhaLembro-me com carinho da presença de uma mãe e suas filhas que foram á minha casa, na semana de meu retorno à casa, e quando uma das crianças me viu, começou à chorar, carinhosamente.

Procurei, claro, esquecer alguns destes fatos, só voltando à falar agora, meio que por lembrança forçada, já que tem coisas que de uma maneira ou de outra vem à tona, em minha tela mental.

Quanto aos que me procuravam antes para as denuncias, sob preservação de seus nomes, com o passar dos tempos, já com suas situações resolvidas, graças á ação destas mesmas denuncias publicadas neste blog, estes... bom... nem preciso falar que nem me visitavam e nem mesmo me ligaram para prestar alguma manifestação de "preocupação" com meu estado. Talvez, ao solidarizar-se com o blogueiro fossem "envenenados", com qualquer tipo de vírus. Mas o tempo foi passando, e começo á ver quem me procurava para postagens polêmicas ladearem-se ao lado dos mesmos que eles criticavam. Ou, quando não, debandarem-se para um lado tão mais podre, quanto se pode imaginar. Muitos que antes falavam da gestão anterior barreirense, viraram-se para os que hoje fazem a gestão atual, por alguns trocados politiqueiros. Tais não merecem confiança. Eu, porém, os observo bem melhor, hoje.

Vi que quem metia o “pau” no grupo do 40, passaram á defender, por dinheiro, o lado do 12 no ano de 2016, politiqueiramente. Claro que também vi que quem era amigo do 12, pularam, também por dinheiro para o lado do 40. E assim, provando para todos os cidadãos das duas cidades que mais recebiam a visão deste blogueiro que o que importa mesmo é serem corruptos seguidores de outros corruptos, fingirem que estão revoltados com a corrupção, corrompendo-se, dia após dia, noite após noite, mês após mês, ano após anos.

Recentemente umas pessoas tem me procurado e via chat do facebook ou whatsapp e pedido para que divulgue essa ou aquela denuncia contra os atuais gestores da cidade de Barreiros. Mas, optante pela mesma situação quando pedem que: ”por favor, só não coloca meu nome”, ou então dizem-me: “só não diz que sou eu, MEU AMIGO”. Vejo tais comportamentos e só olho, nada mais respondendo-os.

Ou quando não, simplesmente lhes respondo que há algum tempo não publico mais nenhuma informação anônima. Salvo aquelas que de fato, são de extrema importância, que tenham documentos comprobatórios, com foco no real interesse coletivo. Afinal, eu não tô aqui para fazer ou produzir postagem, apenas. Tenho minha cota de colaboração com minha cidade, como tenho feito até os dias de hoje.

E como graças à Deus não trabalho na Prefeitura, não ganho nada com nenhum dos lados, não tenho situação empregatícia no município, felizmente, tendo que me virar com ganhos oriundos das publicidades que nem de minha cidade são, e nunca me escondo. Sou independente! 

Aí eu pergunto: por que as pessoas que necessitam da Prefeitura Municipal de Barreiros ou de São José da Coroa Grande tem que esconder suas caras, quando estão à reivindicar direitos que lhes são garantidos em lei? Se os mesmos trabalhadores que tem a garantia da lei não reclamam com a força da internet hoje, nos quatro cantos do mundo, é sinal de que são acomodados, (Uma grande maioria. Não são todos) querendo que façam por eles o que é de sua alçada.

Não faz muito tempo e duas pessoas me vieram procurar. Uma delas, reclamando sobre as condições do transporte público no município de Barreiros, me pedindo para não compartilhar na linha do tempo dela. Ou seja, queria "cutucar" por um direito seu, enquanto estudante da rede estadual, que necessita dos veículos da rede municipal, sendo moradora em zona rural. O grande detalhe desta menina é que na ultima eleição municipal ela estava exibindo-se com “todo louvor” à favor dos gestores que foram recentemente eleitos. Fazia a campanha para o 12. Hoje, por estar “atuando” na administração não pode ser vista ou citada, mesmo que esteja lutando, cutucando ou brigando por seus direitos, enquanto munícipe.

Já um outro falava-me sobre a falta de pagamento do salário atrasado, de um acordo de parcelamento de valores que já tinha problema na gestão anterior, que descambou nessa e pode continuar, contando-me tim-tim por tim-tim, mas pedindo-me divulgação, com a cautela de seu nome NÃO APAREÇA, por que ele faz parte, atualmente do administrativo municipal. Nada lhe disse, mas o mesmo, na semana seguinte após ter me “contado” sobre a informação, veio meio que me cobrando: “e aí, tu vai postar ou não o que te falei?”. Eu respondi que não, por se tratar de uma denuncia anônima e não ter 100% de certeza do que ele estava me passando. Não satisfeito com minha resposta, ele simplesmente disse: “será que o blogueiro está comprado, que não fala nada mais contra a Prefeitura?


Importante lembrar que não trabalho para órgão nenhum, assim como nunca trabalhei para prefeituras algumas e nem tenho esse tipo de pretensão. Se lutei durante anos à favor de muitos é por que acreditei que o mesmo povo que me informavam e pediam socorro iriam acordar e fazer o melhor por eles, nas eleições seguintes.

Em Outubro de 2016 eles disseram que a melhor forma deles serem governados é sob a base da corrupção e das facilidades do mundo politiqueiro dentro da política. 

Continuo, porém, por aqui, no meu mundo, observando, pouco à pouco, e cada vez mais tudo o que acontece desde minha cidade e região, como em nosso imenso Brasil, ainda tomado pelos dois da corrupção. Um lado ativo, e um passivo, mas sempre corruptos.

Para entender um pouco do que citei acima acesse aqui e confira minha visão poucos dias depois do resultado das eleições municipais de 2016.