21 novembro 2014

Vereador Walter de Diva diz que Câmara Municipal já tinha conhecimento do fechamento do Hospital de Barreiros.

Nestas duas últimas semanas um dos assuntos mais discutidos nos quatro cantos da cidade é sobre as demissões dos médicos, a redução de quadros dos profissionais de saúde e o fechamento de alguns setores no recém inaugurado Hospital Regional de Barreiros Jailton Messias.

Depois de citação inicial neste blog sobre este caso, os Vereadores de Barreiros reuniram-se em sessão e focaram no mesmo assunto, mostrando, nesta ultima terça feira, sendo quase todos concordantes, que o Hospital fechou sim alguns setores, estando praticamente falido.

Os Vereadores Walter Buarque, Walter de Diva, Elimario Melo, Cristiano da Saúde apontaram as falhas na administração do atual Prefeito, Carlos Arthur, e entre citações calorosas à comentários insensatos por parte de alguns, a Casa de Nilo Moraes em Barreiros, foi palco, inclusive de "apresentações teatrais", como foi o caso dos motoristas que foram assistir a sessão desta ultima terça feira com o intento de aplaudir quem defendesse o prefeito e vaiar ou fazer citações negativas à quem se posicionasse contra a gestão desastrosa de Carlinhos da Pedreira.

Presente àquela sessão, estava o senhor Lucas Tolli, responsável pelo Barreiros da Gente, que no dia seguinte, expôs igualmente uma postagem, tratando sobre o assunto, na quarta feira, colocando inclusive alguns fatos à mais, pouco conhecidos pela população barreirense, citando por sua vez que a prefeitura até então não tinha colocado nenhuma nota sobre o assunto.

Na quarta feira o prefeito, imediatamente, consegue uma reunião com a Secretária de Saúde, Marlene Couto, pessoa que por sinal, tanto o prefeito quanto o vice-prefeito, estão querendo elevar ao cargo de futura candidata à vereadora em Barreiros, razão por que alguns investimentos em imagens para a mesma, nestes últimos dias, atendendo à outros requisitos que não vem ao caso agora.

Após a reunião com equipe, sai uma nota, pouco explicativa, mais ou menos uma meia boca de explicações não muito convincentes. Nesta nota a Secretaria de Saúde diz que a prefeitura estaria fechando, temporariamente, o bloco cirúrgico para uma suposta reforma (e coloca umas imagens tendo à frente o Prefeito como se ele fosse pedreiro) e diz que em pouco tempo todas as alas voltarão ao normal e que precisava fazer alguns cortes, só não especifica quais cortes, para contenção de gastos. A nota está exposta na fan page da Prefeitura, mas as explicações não convenceram, como podem ver, a população barreirense que gostaria de saber qual o motivo das demissões dos médicos e porque, já que nossa cidade está carente de profissionais na área de saúde, os médicos foram demitidos via telefone, faltando inclusive com ética e respeito para com os profissionais? Além do mais, se não fosse a ação deste blog, até então a população não teria noção nenhuma do que está acontecendo em Barreiros, qual a razão de não comunicar o povo? Além do mais para esta (suposta) reforma em um órgão do estado, foi feita alguma licitação informando do acontecido, ou foram tomadas resoluções à revelia?

Contrariando as palavras em nota da Secretaria de Saúde e da Prefeitura, ao que nos parece, a visão dos vereadores é outra, totalmente diferente da que tentam pintar, como é o caso dos Vereadores Cristiano da Saúde, Walter Buarque, Elimario Melo, Careca, e até mesmo o Vereador Henrique Costa, que mesmo estando lá para defender o Prefeito disse que "a prefeitura não tem condições de manter um hospital daquele porte e é por isso que o mesmo está fechando" segundo ele.

Já o Vereador Walter de Diva disse que a Casa de Nilo Moraes já sabia do que estava prestes à acontecer e que os Vereadores teriam alertado ao Prefeito sobre as condições do HRB. Segundo ele, mensalmente entra em caixa em torno de 700 mil reais, e que só de folha com médicos o Hospital tem um gasto equivalente à 600 mil, todos os meses, e que por ser um Hospital de grande porte cedido pelo Governo do Estado à Prefeitura de Barreiros, todas as prefeituras vizinhas enviam seus pacientes para cá, dificultando, de certa forma a operação local, mas não contribuindo para com a instituição.

Em fala do Vereador Walter de Diva, ele diz que já tinha levado uma solução para o prefeito, mas que ao que parece, não foi atendida pelo mesmo.   



Os Vereadores apontam um estado totalmente contrário do que a Prefeitura tenta pintar para a população barreirense. O povo por sua vez, diante de outros escândalos na cidade e já descrentes do que fala o atual Prefeito cobra soluções imediatas. Segundo informações alguns deputados estarão entrando com uma ação na ALEPE para intervenção do estado, de maneira que o Hospital venha á passar para os cuidados do Governo do Estado, como acontece com o Hospital Regional de Palmares, que até então, tem funcionado normalmente, recebendo inclusive, pacientes da cidade de Barreiros.

Pela nota por parte da Prefeitura, praticamente, quem estaria mentindo seria a Câmara de Vereadores, já que todos foram unânimes em informar o atual estado precário que se encontra o Hospital Regional de Barreiros.