14 maio 2014

SINAL DE ALERTA ACENDE NO PSB, diz Edmar Lyra

O candidato a governador Paulo Câmara apareceu na última pesquisa com 13% das intenções de voto. Números que aparentemente seriam animadores para quem nunca disputou uma eleição. Mas parece que a condução da campanha não está agradando as bases nem o candidato estaria empolgando e convencendo.
Uma das evidências é que Fernando Bezerra Coelho estaria sendo o carregador de piano do time da Frente Popular. Seria natural se ele fosse o candidato a governador. Como candidato a senador o papel dele era pra ser de coadjuvante e o protagonismo ficar com Paulo Câmara.
Várias pessoas que acompanharam o candidato do PSB em atos pelo estado têm criticado a falta de traquejo do socialista. Isso já estaria sido evidenciado no desânimo de vários atores da Frente.
Até o momento muitos questionam a condução política da campanha que estaria sendo um fiasco. Algo muito longe do que era visto quando Eduardo disputou o governo em 2006 e 2010.
Outro desespero, principalmente entre os deputados estaduais, é que eles só agora se deram conta que para Eduardo cumprir o que prometeu a eles para completar suas respectivas reeleições só seria viável se anexasse o eleitorado da Paraíba e de Alagoas. Tem deputado dormindo a base de ansiolítico.
Pra completar, a pressão do Palácio nos prefeitos está tão grande que muitos estão anunciando apoio ao PSB de forma constrangedora por medo de sofrer retaliações. Talvez tenham exagerado na dose e em vez de ajudar acabou atrapalhando.
O sinal de alerta está aceso e se Eduardo não chamar o feito a ordem a situação pode se complicar de forma que não haja mais condições de se recuperar.

Informações do Blog do Edmar Lyra