16 outubro 2013

Eduardo Campos e a Covardia Com os Professores

Eduardo Campos (PSB)
Depois do anúncio do que pretende no município de Barreiros, o Prefeito Carlinhos da Pedreira do PSB, na sua tentativa de retirar o PCC, Plano de Cargos e Carreira, substituindo por uma suposta REFORMA ADMINISTRATIVA segue agora o "presente" do Governador e aspirante à Presidente do Brasil, pelo PSB, Eduardo Campos.

Segue a informação, nada agradável para a classe dos professores da rede estadual.

Estamos vendo assim o quanto a educação é desvalorizada, humilhada e maltratada por quem não está comprometido com o povo, e tem apenas interesses próprios, politicamente falando. 

No entanto, com todas essas amostras, o senhor Eduardo Campos, presidente do Partido Socialista Brasileiro, continua e continuará sorrindo da cara do professor e servidor público estadual.


Em Barreiros, os vereadores, numa suposta posição de "nada sei", disserem em tribuna ontem dia 15, que "não receberam nada referente ao PCC". Claro que já estamos cientes, de que a estratégia é fazer com que a informação siga como uma desinformação, ou quem sabe, uma suposta fofoca de um blogueiro. No entanto, como sabemos, e isso já se repetiu, temos que lembrar do aumento abusivo para os cargos comissionados e secretários, que denunciando antes, fizeram-os recuar, e ainda o plano de previdência privada (particular), que depois de pressionados pela opinião popular, tiveram que obrigatoriamente parar a votação.

Nada novo sob o solo.

Eduardo Campos, mais uma vez, está mostrando a forma ditatorial de governar em Pernambuco, humilhando o funcionalismo da rede estadual e massacrando os professores em particular.

Os dois, Carlinhos da Pedreira e Eduardo Campos, por serem o mesmo partido, o PSB, estão no mesmo patamar de igualdade de pensamentos. 

Desvalorização do funcionalismo é uma de suas melhores metas desses dois governantes em particular.