02 abril 2018

Prefeito Elimário (PDT) e ex-prefeito João Baleia (PDT) imitam ex-gestão de Carlinhos da Pedreira (PP), e disputam qual deles ganha o troféu de pior Prefeito de todos os tempos em Barreiros

O que esperar de ações quando se propõe à imitar essa ou aquela atitude de alguém? Geralmente, as melhores, positivas, concordam? Infelizmente, nem todos pensam assim, e tendem à executar ações semelhantes às ações nem tão positivas assim.

Este é pelo menos o quadro que encontramos em se falando de gestão municipal na cidade de Barreiros, interior pernambucano.

Com a saída de Carlinhos da Pedreira, atualmente ligado ao PP, o ex-vereador e atual Prefeito Elimário Farias está seguindo os mesmos passos administrativos de seu antecessor.

Na gestão de Carlinhos, quem mandava em sua gestão não era ele, e sim seus familiares. No caso de Elimário, quem manda na gestão dele são os familiares de seu Secretário de Governo, que já foi Prefeito em Barreiros e como não podia ser candidato, por processos jurídicos que o impediam, em 2016, colocou seu "amigo" que é gerenciado por ele.

Em se falando de pagamentos, quando Carlinhos da Pedreira assumiu o poder, os primeiros dois anos foi marcado por atraso nos pagamentos dos salários, além de pagamento destes mesmos valores abaixo do valor abaixo do teto salarial, para os professores.

Para não ficar devendo, em péssima exemplo, Elimário desde o primeiro mês que colocou os pés na gestão da Prefeitura, atrasou os pagamentos de todos os servidores públicos municipais.

Assim como aconteceu com Carlinhos, os servidores tiveram de recorrer ao Ministério Publico na gestão de Elimário para que seus soldos fossem pagos, e tiveram, tanto antes como agora, que esperar por vários dias, seguido de meses para alguma solução, em pagamentos em parcelas do que deveria ser pago à vista pelos serviços prestados.

Várias ruas estão com pouca ou quase nenhuma iluminação. Bairros como Rio Una, Baeté, Massa Falida, Tibirí, Lotes, Santa Gorete, entre outros estão com vários postes sem luminárias, o que facilita a possibilidade de criminalidade de bandidos nesta região, agravando o perigo para os moradores ou quem queira visitar tais lugares, à partir de qualquer hora da noite.

Diversas ruas e bairros estão precisando de afasto novos ou reformas e acertos nos asfalto. Bairros novos que foram entregues pelo governo do estado com investimento do governo federal, desde a gestão de Carlinhos da Pedreira estão precisando de um trato. Moradores dos novos bairros, como Platô 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, etc... tanto dos bairros Massa Falida, Fazenda São Francisco, Venâncio, Macaco, etc, estão necessitados não apenas de capeamentos asfalticos, como também de segurança, água potável, que lhes tem chegado às vezes depois de uma ou duas semanas.

Diversos são os transtornos tanto deixados pelo governo Carlinhos, como também, continuados na gestão de Elimário Farias (PDT), vereador eleito prefeito, sem nenhum projeto governamental para a cidade.

João Baleia que já foi igualmente prefeito antes destes dois tem um lastro de descaso para com a cidade barreirense, principalmente no que se refere à educação e saúde, que segundo o Ministério Público de Pernambuco, teve desfalque, que inclusive o levou à ser processado, que é o que lhe impede de ser candidato à quaisquer cargos políticos.

Elimário Farias é gerenciado na administração por João Baleia.
Carlinhos da Pedreira era gerenciado pela família em sua gestão.
Os três disputam atualmente troféu de piores prefeitos de Barreiros.
Os problemas encontrados nas gestão de Carlinhos da Pedreira e continuados na gestão de Elimário Farias não são diferentes de quando a Prefeitura estava nas mãos de João Baleia.

Só resta agora saber, qual dos três acima citados pode ser apontado o pior gestor que a Prefeitura de Barreiros já teve o desprazer de conhecer? Ou, em outras palavras, qual deles é o menos ruim?