22 março 2018

Seguidor de Bolsonaro pede à seus amigos que batam em quem é de esquerda até quebrar sua espinha dorsal.


No dia 19 de Março a Caravana Lula Pelo Brasil inicia nova etapa à partir da cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul. Pelo trajeto Lula passará por cidades Rio Sul Grandenses, pelo estado de Santa Catarina, até chegar à Curitiba, no Paraná.

A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos estados do Sul do país, em março, é a quarta etapa de um projeto que deve alcançar todas as regiões do país nos meses seguintes. No segundo semestre de 2017, Lula percorreu todos os estados do nordeste, o norte de Minas Gerais, o Espírito Santo e o Rio de Janeiro.

O projeto Lula Pelo Brasil é uma iniciativa do PT com o objetivo de perscrutar a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos do PT e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado pelo governo golpista.

No dia que a caravana chegou à cidade de Bagé, militantes ligados ao Deputado Federal Jair Messias Bolsonaro, resolveram fazer alguns manifestos. A intenção era tentar impedir que Lula e sua equipe entrassem na cidade. Mesmo assim, a Caravana Lula Pelo Brasil, foi abraçada amavelmente pelos bagéenses. Sobre o pequeno manifesto Lula, responde que "quem hoje grita contra, amanhã, baterá palmas para nós". O ex-presidente foi presenteado com uma placa por ter inaugurado a primeira universidade federal da região, a UNIPAMPA, em Bagé.

Em alguma redes sociais, militantes de Bolsonaro, impregnados de ódio por não terem obtido êxito em sua infame campanha, começaram à espalhar, além de algumas mentiras, seus venenos contra quem é de esquerda, petistas ou à favor de Lula.

Num perfil, de responsabilidade de Luiz Carlos Dias, o militante de Bolsonaro, resolve espalhar seu ódio, seguido de forte pendor de agressividade com incitação à violência. Ele chega á pedir que quem é de esquerda deve ter a espinha dorsal quebrada, não sem antes, encher quem for esquerdista de pancadas.

Luiz Carlos Dias, foi candidato ao cargo de Vereador pelo PTB, mesmo partido do atual prefeito eleito de Bagé, e mesmo numa cidade com 91.655 eleitores recebeu apenas 140 votos. Ele é funcionário público aposentado, e tem usado seu tempo ocioso nas redes sociais para agredir seus desafetos políticos de esquerda
Amigos: Contra a esquerdalha que quis se apossar de nosso Brasil, temos que bater todos os dias, até quebrar sua espinha dorsal.
Publicado por Luiz Carlos Dias em Quarta-feira, 21 de março de 2018


Numa outra citação, dessa vez, racista, o seguidor de Bolsonaro reclama que a lei do Orgulho Crespo, foi sancionada, e ironiza perguntando: e os outros cabelos como ficam?

Morro e não vejo tudo. E pensar que um merda desses ainda quer concorrer a presidente. Vejam: Alckmin sanciona lei que...
Publicado por Luiz Carlos Dias em Quinta-feira, 22 de março de 2018

Reações como essas não são estranhas em nosso país, já que, também no meio religioso, encontramos representantes da classe protestante, como é o caso do Pastor Marco Feliciano que recentemente fez uma piada de muito mau gosto, em entrevista à Jovem Pan, referindo-se à esquerdista, quando estava sendo entrevistado sobre o caso Mariella Franco, executada por atuar nos Direitos Humanos no Rio de Janeiro.

- "quando um esquerdista leva um tiro na cabeça, ele demora uma semana para morrer, porque é o tempo que demora para a bala achar o cérebro" disse o representante cristão protestante, Pastor e Deputado Marco Feliciano, ligado ao PSC (Partido Socialista Cristão)