24 outubro 2017

Profissionais da beleza são homenageados pela Assembleia Legislativa


Cabeleireiros, manicures, maquiadores, depiladores e diversos outros profissionais da beleza em Pernambuco receberam homenagem da Assembleia Legislativa, na noite desta segunda (23), por iniciativa do deputado Bispo Ossesio Silva(PRB). O Brasil é o terceiro maior mercado consumidor mundial de produtos desse segmento, atrás apenas da China e dos Estados Unidos, segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos.


O deputado Júlio Cavalcanti (PTB), que presidiu a Reunião Solene, ressaltou o crescimento da indústria nacional de cosméticos. “O mercado da beleza no País é muito forte e contribui para a geração de emprego e renda e para a exportação de produtos e matérias-primas”, destacou.

A Lei Federal nº 12.592, de 2012, reconhece o exercício das atividades de cabeleireiro, barbeiro, esteticista, manicure, pedicure, depilador e maquiador. “Essa medida proporcionou inúmeros benefícios aos profissionais, que fazem por merecer o reconhecimento e a homenagem da Alepe”, afirmou Bispo Ossesio Silva, enfatizando a importância da categoria para a população.


“Eles não se preocupam apenas com a aparência pessoal, mas também buscam proporcionar melhor qualidade de vida às pessoas e despertar a autoestima nelas”, prosseguiu Silva. O engajamento em ações sociais e beneficentes, como o ensino da profissão a jovens de baixa renda, também foi destacado.

Representando os homenageados, o cabeleireiro Valdir Ramos, que preside a Associação dos Profissionais de Beleza de Pernambuco e a Academia Técnica dos Profissionais Cabeleireiros, recebeu uma placa comemorativa da Assembleia. “Essa Reunião Solene é extremamente importante porque significa o primeiro reconhecimento de uma instituição pública à nossa profissão no Estado, portanto, é um marco para a categoria”, comemorou, acrescentando que Pernambuco tem 45 mil cabeleireiros.



Também estiveram presentes no evento, as vereadoras republicanas das cidades de Recife e Olinda, Professora Ana Lúcia e Denise Almeida. 

Fonte: Alepe com informações da Ascom