26 outubro 2017

Os demônios da corrupção brasileira salvam mais uma vez a pele de Michel Temer (PMDB), assim como salvaram Aécio Neves (PSDB), mas impichimaram Dilma Rousseff por ela ser do PT.

Quando resolveram que Dilma Rousseff não “prestava mais para ocupar o cargo de presidente do país” eles, os que inventaram o impeachment , não tinham do que reclamar, mais ainda assim, reclamaram. E não apenas reclamaram como ainda esculacharam a primeira mulher à governar a nação brasileira.


Muitos foram às ruas, em protesto cego, e em estádio, como foi o caso daquele evento nos jogos da copa, e mandaram-na tomar no cú (não vou medir palavras neste artigo). Gritaram, sambaram, zombaram.

Uma advogada, foi contratada para elaborar um processo de maneira à conseguir consistência que viesse à condenar, ela como mulher, uma outra mulher. Tresloucadamente ainda vem à mente, podendo-se encontrar nas principais redes sociais o esquenta da tpm de uma advogada que sequer conseguiu ser aprovada, meses depois em um concurso público, ficando em último lugar, mostrando á todos o quando de manobra pode-se usar com uns tantos 40 mil reais para alguém que precisava “balançar a bandeira sobre a cabeça”, arvoradamente.

Disseram, e muitos idiotas acreditaram que, depois que Dilma caísse os outros também cairia. Até agora estamos esperando.

Michel Temer e o PMDB se mantém no poder, mesmo com todas as denúncias fortes contra ele. Os donos da JBS só são importantes e corruptos quando são usados contra os integrantes do PT, tendo Lula e Dilma à frente. Quando os mesmos são usados, com provas contra os do pmdebistas tudo não passa de “armação”, por estarem querendo derrubar o pobre velhinho, esposo da Michella Temer, pai do michelzinho.

Sergio Moro não pode prender ou julgar os que estão emaranhados na maçonaria, que perdeu o rumo de suas bases no Brasil, e os integrantes ligados ao PSDB e PMDB, como é o caso da Claudia Cruz, esposa de Eduardo Cunha que além de receber voz de liberdade por parte do juiz de direita, ainda continua a gastar o dinheiro da mesma falcatrua de que foi apontado.


Aécio Neves, por mais que tenha solicitado dinheiro aos irmãos e empresários da JBS, com provas documentais, em áudio e tudo o mais, recebeu de Carmem Lucia o direito de tirar férias em casa, tendo o cuidado de não sair à noite, ficando em segurança em sua residência, por uns dias. Quando o PT foi reivindicar o VERO DIREITO, os tolos manipuláveis chegaram á dizer nas redes sociais que o PT estava defendendo o tucano, quando à bem da verdade, estes estavam querendo recambiá-lo à função para que ele pudesse responder judicialmente por seus crimes ao invés de deixa-lo de férias.

Quando conseguem a volta dele para que o mesmo seja julgado, os páreas dele dizem que ele deve voltar ao cargo e as acusações contra ele devem ser retiradas, como à limpar sua ficha criminal.

O STF e demais órgãos, supostamente de justiça de nosso país, bem como os senadores, a maioria, dizem que o povo tem que votar neles ou nelas quando são candidatos e esquecerem quem são, depois das eleições. Dizem ainda, os tais senadores, bem como os deputados que estão pouco se linchando para o que pensam deles que eles se danem. O que importa é quando um Temer da vida lhes paga para manterem seus bolsos cheios de dinheiro corrupto.

Os deputados federais que votaram pelo impeachment de Dilma, e os deputados que votaram à favor de Temer, livrando-o duas vezes de ser jugado, estão pouco se importando com aqueles e aquelas que foram as urnas nas ultimas eleições para votarem neles. São, literalmente, uma grande massa de manobra idiota que seguem o que eles querem, a maioria das vezes por dinheiro e depois, são pisados e humilhados.

E vamos e convenhamos, o que encontramos de eleitores analfabetos políticos em nosso estado brasileiro, não tá no gibi.

Quem se importa se a mãe de família tem seu filho ou suas filhas entregues às drogas, sem uma qualificação profissional, sem estudos e sem oportunidade?

Quem vai tá se linchando para a qualidade de vida do senhor do campo que com seus 55 ou 60 anos já está cansado de tanto trabalhar? Afinal de contas, segundo Temer ele ainda tem que chegar aos 140 anos, de trabalho e quem sabe, aposentar-se.

Quem está preocupado com a situação do policial que sai de casa destinado ao trabalho tendo como certeza o TALVEZ DA VOLTA, estando amarrados à falta de estrutura e pouco salário para manter-se, ante a criminalidade solta, muitas vezes, parceiras dos grandes políticos que anda lado à lado com o trafico de drogas!?

Não é da alçada de Temer e nem dos deputados e senadores de sua base aliada preocupar-se com os pobres. Afinal como disse o Michel: “eles são pobres, não são como nós”.

Aécio Neves (solto), Eduardo Cunha (preso/mandando de dentro da cadeia), Michel Temer e tantos outros da grande Organização Criminosa no Poder Brasileiro, estão rindo das caras dos idiotas que foram às ruas, bater panelas, brincar de patos nas principais manifestações de uma classe antes privilegiada pela política do PT, e depois, ingratamente, agindo contra quem lhes ajudou, em favor daqueles e daquelas que estão lhe sugando tudo, vampirizando.

Michel Temer, que tenha longa vida, sugando as forças dos idiotas brasileiros que agiram à seu favor, babacamente falando está rindo das caras deles, hoje mais do que nunca.

Não acredito nas forças do mau, personificadas em Satanás, Diabo ou Demônio (não sou protestante, graças à Deus!), mas se acreditasse diria que os mesmos estão encarnados ou incorporados nas peles dos atuais deputados federais, senadores e ministros que nos últimos tempos tem salvado a pele dos principais capetas de nossa nação brasileira.

Enquanto isso, direitos fundamentais estão sendo cortados. Trabalhadores estão prestes à perderem seus cargos por conta de uma lei de manobra elaborada por uma deputada da classe que devia defender os educadores do Brasil que está sendo implantada para que os mesmos percam suas garantias mediante uma prova que nem ela e nem nenhum deputado se propõe à passar para manter-se em seus cargos à frente da nação.

Trabalhadores terão que se fuder até completarem cerca de 45 anos para aposentarem-se. Se alguns chegarem aos 140 anos, tudo bem. Outros que já passaram e muito à idade que Temer se aposentou (ele se aposentou aos 55) ainda terão alguns 20 anos para tentarem essa graça que não vem de graça.

Nos tempos de Temer você não pode mais recorrer à sindicatos para reclamar por garantias trabalhistas. Temer não deseja que seus amigos empresários, como ele, sejam importunados com defesa à trabalhadores. Isso acaba com a cútis.

Negros, pobres, filhos das lavadeiras e empregadas domésticas não precisam de escolas, de formação nem tão pouco de faculdade. Isso representa um perigo para os políticos. Se esse povo começar à pensar eles, os políticos, estão lascados.


E assim a barca dos revoltados a la Alexandre Frota e MBL, segue adiante, como aquela canção do Zé Ramalho “vida de gado, povo feliz”.