19 maio 2017

Paulo Câmara e Geraldo Julio, pedindo propina de 1 milhão em nome do falecido Eduardo Campos.

Geraldo Julio e Paulo Câmara, dois sínicos, pedindo dinheiro à pedido de um morto.

Que o PSB não tem bons representantes em diversas esferas em nosso estado, isso não é mais novidade. E todos os canais e blogs sérios, apontam isso enfaticamente. Alguns, infelizmente comprados, não fazem este belo papel, de mostrar a verdade. Antes, escondem ao povo o que deveria ser obrigação de fazer, se fossem sérios. Tal papel, numa grande maioria das vezes é feito por blogueiros e blogueiras que não se permite ser mero produto nas mãos de quem quer que seja, principalmente dos corruptos que estamos vendo diariamente serem desmascarados em nosso estado.

Mais uma vez, e de maneira brilhante, Noelia Brito sai na frente, mostrando, à partir de suas redes sociais a nojeira politiqueira de verdadeiros gangsteres em nosso estado. 

Paulo Câmara, Governador de Pernambuco e Geraldo Julio, Prefeito de Recife, os dois, "REPRESENTANTES" do PSB-PE, mostra como é e sempre foi feita a forma de política de um dos partidos, cuja sigla, tem mais bandidos em nossa nação pernambucana.

Esta não é a primeira vez que Geraldo e Paulo são pegos em "rolos" cujas delações só nos envergonha, enquanto cidadãos pernambucanos.

Agora, mais uma vez vemos os nomes não apenas do Prefeito de Recife e do Governador de Pernambuco, envolvidos em esquema de propina. Fernando Bezerra, também já apareceu em outras vezes, e nesta, de novo. Desta vez, sob pedido de "homenagem pela morte de seus padrinhos", Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco, que faleceu em um jatinho, no ano de 2014, que até agora não se resolveu o caso deste mesmo avião particular, que, segundo delações, e investigações, teria sido comprado em nome de laranjas, ou seja, em esquemas escusos, vemos com os olhos de admiração os afilhados de Dudu Campos, o falecido, pedirem dinheiro, propina, para lhes fazer homenagem.

BLOG DA NOELIA BRITO - O dono da JBS, Joesley Batista, contou em sua delação premida que o prefeito do Recife, Geraldo Júlio e o atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara, usaram o nome de Eduardo Campos, depois de morto, para lhe pedir dinheiro. O pedido, segundo Joesley, foi feito pessoalmente, pelos dois pessebistas que disseram que Joesley deveria homenagear Campos ajudando a eleger Paulo câmara Governador. A delação contra os dois principais nomes do PSB de Pernambuco consta do Anexo 36. A pessoa indicada pro PSB para receber o dinheiro via caixa dois para Paulo Câmara no valor de R$ 1 milhão foi André Gustavo Vieira da Silva. Também foram pagos dois milhões a Fernando Bezerra Coelho pelo caixa dois por intermédio de André Gustavo. (Nota extraída do Blog da Noelia Brito)

Outras notas e informações, já foram publicadas e mostradas, com provas, mas por incrível que nos pareçam, os representantes do PSB, pousam de santos, por afiram que "são apenas boatos, e que não existem provas consistentes contra eles".

Nesta conta, o que observamos são espertalhões, zombando com a cara do povo, que por sua vez, deixam-se levar por uma forma de política corrupta ao extremo em nosso país, em nosso estado e por que não dizer, em nossas cidades.