14 fevereiro 2017

Professora Ana Lúcia reivindica nomeação de Agentes de Apoio ao Desenvolvimento Escolar Especial em Recife

Aprovados em concurso público lutam pelo direito de exercer a função.
Na última segunda feira dia 13 de fevereiro, a professora Ana Lúcia (PRB) foi à tribuna na reunião ordinária de vereadores, reinvindicar a nomeação de AADEEs (Agentes de Apoio ao Desenvolvimento Escolar Especial), que foram aprovados em concurso público na cidade do Recife.

A lei Municipal 18.038 em julho de 2014,determinou a criação de 1.000 cargos efetivos de AADEEs, o primeiro concurso aconteceu em 2015 e ofereceu 500 vagas , apenas 150 foram nomeados, desses 150, 35 desistiram da função, restando apenas 115 contratados em atual exercício na rede municipal. A professora Ana Lúcia explicou a necessidade da contratação desses profissionais para o processo de inclusão;

A demanda atual até o final do ano passado era de 3.420 crianças que apresentavam alguma deficiência, segundo dados da secretaria municipal de educação, mas também existem aquelas que estão em sala de aula e não possuem laudo devido às dificuldades de atendimento no serviço de saúde, mas possuem alguma deficiência. As salas de aula das escolas no Recife são cheias, acontece então  a inclusão dos estudantes sem o devido acompanhamento. Venho pedir ao poder executivo que de imediato contrate os profissionais que foram concursados e aprovados

Thales Walmir, representando os aprovados no concurso pra AADEEs que não foram nomeados, procurou a professora na Câmara do Recife.

Ninguém melhor que uma pessoa com experiência na educação, para entender essa situação, eu não a conhecia pessoalmente, vim ao gabinete e fiquei surpreso com a atuação dela, que no mesmo dia foi à tribuna e expôs toda a nossa indignação.

Em sua fala, a professora também citou a recomendação do Ministério Público;

No último dia 2, o Ministério Público de Pernambuco fez uma recomendação à secretaria de educação, solicitando a nomeação desses profissionais, essa causa deve mesmo ser tratada como necessidade extrema e imediata.” Pontuou.

Representantes dos AADEEs aprovados no concurso e não nomeados, se reunirão na próxima quinta com a Comissão de Educação, presidida pela vereadora professora Ana Lúcia. A intenção é estabelecer um diálogo que resulte na nomeação desses profissionais