06 junho 2014

Gastos exorbitantes para o São João de Barreiros

A prefeitura de Barreiros, através do senhor prefeito, Carlinhos da Pedreira (PSB), mais uma vez dá um show de números. E boa parte do povo leigo não atentam para a realidade.

Faz alguns dias que estávamos esperando a programação para os festejos juninos. Alguns internautas cobraram. Mas nada apareceu. Finalmente, à pouco mais de dois ou três dias, apareceu a programação.

Conforme já estávamos sabendo, mais uma vez, o primo do prefeito, Raphael Sanguinetti, colocaria sua máquina para atuar na cidade, com o erário vindo bolso do povo, já que a família do prefeito, tem privilégios como poucos. E aqueles ou aquelas que tentarem ganhar seu dinheiro dignamente e dentro das leis, são impedidos de atuar, por pura perseguição política, ou, em outros casos por suposto excesso de zelo. Como é o caso de uma senhora que me falou que para colocar sua barraquinha de lanches teve que se munir de um monte de documentos, sendo um inclusive que lhe atestasse sua saúde mental.

Alguns outros, barraqueiros, estão desistindo de entrar na empreitada por calcularem gastos de investimentos àcima dos possíveis ganhos, já prevendo que a cidade, com poucas atrações, não lhes trará retorno à altura, e estão partindo para as cidades vizinhas, cujos investimentos são menores do que em Barreiros, lhes garantindo um retorno, comercialmente falando, nesse período junino.

Confiram abaixo os valores das bandas contratadas, segundo documento para as apresentações no período dos festejos juninos.


Será que todas essas bandas contratadas tem de fato esse mesmo valor em contratação? Afinal de contas, por se tratar de uma empresa do primo do prefeito é muito fácil e bem mais simples para este fechar os olhos e assinar o que for preciso.

Segundo estimativas o São João em Barreiros, que contará com poucos dias de atração, terá um custo aproximado à 400 mil reais. 

Nossas ruas, até o exato momento estão ornamentadas com pouca atratividade. Ou seja, em todos os anos anteriores as nossas ornamentações foram bem melhores do que com esta administração atual. E todos os anos cada vez vem piorando o gosto em ornamentar a cidade, fazendo por sua vez que os nossos cidadãos busquem diversão em cidades próximas, como Tamandaré e São José da Coroa Grande.

Será que os valores cobrados e aceitos acima valem ao teor da contratação?

Lembrando ainda que quem fez parte das escolhas das mesmas bandas, e que hoje está ladeado do prefeito como se fossem velhos e bons amigos, teria sido, segundo ele mesmo tinha me dito antes de fazer a covardia que fez comigo, o senhor André Costa, aquele conselheiro tutelar que covardemente me atacou, junto com o irmão.

No mais, tirem suas conclusões, por favor!