08 outubro 2018

Em Barreiros resultado do 1º turno confirmou preferência por Haddad desmontando as carreatas "Fake News" pró Bolsonaro.

Durante todo processo de eleição no primeiro turno os eleitores de Bolsonaro na cidade de Barreiros, interior do estado pernambucano, fizeram de tudo para mostrar que estavam à frente dos demais candidatos, principalmente, à frente de Haddad, candidato à presidente pelo PT (Partido dos Trabalhadores). 

Usaram bastante as redes sociais, principalmente o Facebook, o Instagram e o Whatsapp, plataforma principal para espalhar noticias falsas e intimidadoras contra seus adversários, especialmente se os eleitores adversários fossem ligados ao PT.

No inicio do mês de Setembro os "personagens" contratados em Barreiros para fazerem a campanha do ex-capitão, expulso do exército, organizaram uma carreata na cidade que foi uma das mais fracas de toda região. Eu trouxe o resultado (confira aqui) do que eles mesmos divulgaram em suas redes sociais. A publicação somou mais de 8 mil compartilhamentos, o que deixou a galera de Bolsonaro, revoltada, chamando-me de tudo o que era palavrão nas redes sociais. Achando que me intimidariam. 

Mas, independente de todas as falácias deles, todas as imagens, e inclusive o vídeo que foram subidos para minha publicação, foram captadas do que eles mesmos divulgaram em seus perfis e demais redes sociais. Ou seja, se havia alguém mentindo, com certeza não era eu já que quem fotografou ou fez vídeos, foram os agentes do candidato do PSL, aqui na cidade.

Revoltados pela publicação disseram que eu e todos os petistas deviam esperar que iam dar uma "lavada" no primeiro turno ao ponto de estufarem todas as urnas no dia 07 de outubro.

Fizeram uma outra carreata, já no finalzinho do primeiro turno, trazendo para Barreiros cerca de 50 á 100 carros, vindos a grande maioria de Maragogi e demais cidades alagoanas, com o fim de mostra força na cidade. Nós, que somos de Barreiros, e praticamente conhecemos todas as "caras" barreirenses identificamos de pronto que cerca de 80% daqueles carros e motos não era daqui. Mas, não tinha por que dizer nada contra. Preciso era que eles "se divertissem", afinal a festa política ainda é democrática, e assim ainda esperamos que seja por várias datas.

A turna do PT em Barreiros chegou à organizar uma carreata para acontecer na cidade, marcada para o dia 30 de setembro. Mas, infelizmente, por conta da morte do irmão d a principal organizadora a mesma foi suspensa, já que o falecimento aconteceu na manhã do mesmo dia.

Mas, mesmo tendo sido cancelada, muitas pessoas que não conseguiram ser avisadas à tempo, trouxeram seus carros e motos e seguiram mesmo assim, mostrando que o número de eleitores de Haddad era superior á do candidato adversário. Mas, mesmo assim, os seguidores do candidato do PSL ainda ousaram dizer que a carreata (cancelada) foi fraca de mais. Mentindo, como é de costume deles.

Bom, mas no final das contas, o dia 07 de Outubro chegou e o resultado que vimos nas urnas em Barreiros mostrou a total diferença, confirmando o que desde o inicio estavamos falando sobre Haddad e Bolsonaro.

Com o fechamento das urnas o resultado surpreendeu, não á nós que votamos em Haddad, mas à eles, apostadores de Bolsonaro. O candidato petista fechou com uma vantagem surpreendente.
Fenando Haddad do PT teve em Barreiros 11.235 
votos, ou seja 56,63%.




Já o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, teve 5.575 votos, o equivalente à 26,16%.

O resultado desbancou a conversa fiada, que eles estavam espalhando, de que "estufariam" todas as urnas em Barreiros. Coisa que não aconteceu. 

Os números também provam que a primeira carreata foi de fato fraca ao ponto de não chamar sequer a atenção dos barreirenses e a segunda que eles fizeram pode ser considerada Fake, já que a maioria dos carros, pessoas e motos que engrossaram o movimento, eram oriundos de outros municípios, sendo a grande maioria vindos de cidades alagoanas para a pacata cidade de Barreiros.

Já para o segundo turno o resultado pode ser ainda mais emocionante, já que muitos dos votos que antes estavam soltos e que foram levados para outros candidatos agora poderão ainda mais engrossar votos para Fernando Haddad somando pontos positivos para o candidato petista.

Já em no estado de Pernambuco, Fernando Haddad teve 48,87% dos votos válidos, contra 30,57% de Bolsonaro.