17 dezembro 2019

Daniel Coelho pede a Maia para votar projeto que derruba cobrança de taxa sobre cheque especial não utilizado

Deputado Federal Daniel Coelho (CIDADANIA-PE)

O líder do Cidadania na Câmara, deputado Daniel Coelho (PE), pediu na tarde desta terça-feira (17) que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), paute o projeto de decreto legislativo PDL 747/19, de sua autoria. A proposta visa a derrubada da resolução do Banco Central que autoriza instituições financeiras a cobrarem 0,25% sobre o valor do cheque especial disponibilizado a correntistas.  A cobrança está prevista para ser iniciada a partir de 6 de janeiro do ano que vem e poderá ser feita mesmo o cliente não tendo utilizado o recurso que o banco oferece.


É uma verdadeira extorsão. Não dá para a gente aceitar uma taxa em cima do limite de cheque especial sem este ter sido utilizado. É um verdadeiro roubo do sistema bancário. A resolução é para tirar dinheiro do bolso dos brasileiros”, criticou Daniel Coelho.



O parlamentar do Cidadania chamou de absurda a autorização dada pela autoridade monetária para que bancos ganhem ainda mais dinheiro dos correntistas brasileiros. “Como é que a gente pode admitir a cobrança de um limite de cheque especial que não está sendo utilizado? Essa autorização é para um sistema bancário que já cobra os juros mais altos do mundo”, acrescentou Daniel. O deputado disse ainda que “é hora de o Parlamento se impor contra esse absurdo”.