16 fevereiro 2018

Possível aliança do PT com o PSB em Pernambuco deixa pernambucanos de caras amarradas ao verem petistas ao lado de golpistas.

Recentemente algumas notas foram postadas nas principais mídias oficiais e alternativas apontando possível aproximação do Partido dos Trabalhadores com o PSB do falecido Eduardo Campos. Tais imagens e publicações desgostou aqueles que acreditavam que Lula, João Paulo, entre outros, abraçariam a bandeira do caminho alternativo, não aceitando e nem se sujeitando à abraçar um dos principais partidos que lhes fora contrário que teve como protagonismo o infeliz apoio ao golpe, bem como, a derrubada da Presidente Dilma Rousseff.

Quando de sua vinda à Pernambuco no ano passado, com sua caravana pelo nordeste, Luiz Inacio Lula da Silva encontrou-se com a viúva de Eduardo Campos, o filho dela e Paulo Câmara, todos do PSB. Em nota publicada por Noelia Brito com o título "PT E PSB DE PERNAMBUCO: ALIANÇA OU ABRAÇO DE AFOGADOS?" a blogueira foi duramente criticada por ter postado foto de Lula ao lado de Paulo Câmara.

Passados os dias quem aparece ao lado de Paulo Câmara, sorridente em lugares públicos, conversando e sorrindo como dois amigos de longa data é nada mais nada menos que João Paulo, ex-prefeito pelo PT, de Recife. Depois de notas publicadas em blogs como uma de minhas notas em que falo da traição dele com o PT, aliando-se à corga do PSB, ele diz que mudar governo de Pernambuco não é solução conforme postado no Blog do Robério Sá, confirmando ainda mais que publicações como as minhas e demais blogueiros das mídias alternativas oficiais não estavam enganados.

Agora, para a decepção e infelicidade do povo pernambucano vimos, postado em todas as redes oficiais do PT que Lula recebe os golpistas Paulo Câmara, a viúva e o filho de Eduardo Campos, traidores do PT e um dos piores governos que nosso estado pernambucano já teve a infelicidade de conhecer, dando ares de aliança em "nome de um projeto nacional de governo".

Golpistas do PSB de Pernambuco vai em busca de apoio do PT

Decepcionante que tenhamos que ver tais imagens estampadas em todas as redes sociais.

A ideia de chapa alternativa está bem distante do que imaginávamos e essa não era e nem é a alternativa que os pernambucanos esperava encontrar para 2018.

Para complicar ainda mais as coisas, ainda encontramos, dentro do estado pernambucano um PT desgovernado e dividido em que diversas cabeças, oportunistas, querem, cada um, saírem candidatos ao cargo de governo de estado, sem união entre eles em prol de um projeto para Pernambuco.

Odacir, José de Oliveira, Marília Arraes são os candidatos pelo mesmo Partidos dos Trabalhadores, ao cargo de Governador de Pernambuco.

A grande força do PT desfaz-se ante oportunistas de plantão que não estão pensando com idealismo e nem com vontade de mudar as coisas à nossa volta. João Paulo é a prova viva de que o Partido dos Trabalhadores em Pernambuco perdeu os rumos ao coligar-se com o PSB, reconhecidamente um dos piores governos nas mãos de Paulo Câmara que nosso estado já teve o desprazer de conhecer.

Por outro lado, a trama do PSB de querer aproximar-se do PT agora é a prova de que o partido dos trabalhadores é ainda um dos mais fortes, e crescendo, em nosso país. O que significa que as pesquisas, tal como vem sendo apontadas, confirmam o favoritismo por Lula e pelo PT, apesar de todas as desavenças e avalanches de problemas intencionalmente lançados contra a sigla, principalmente com a sentença de Lula, pelos que aplicaram ou ajudaram à aplicar o golpe no Brasil.

A Lama foi jogada... a poeira tá aí, nos olhos de todos nós. Resta-nos saber quem vai limpar ou se vão limpar a sujeira que estão fazendo com a história de vida e luta do PARTIDO DOS TRABALHADORES.