09 setembro 2016

Corte do fornecimento de energia do PSF do Rio Una, por falta de pagamento da Prefeitura, sob a gestão de Carlinhos da Pedreira.


No dia 25 de julho deste ano, o Posto PSF do Rio Una teve suas portas fechadas por falta de pagamento à locatária do Prédio. A Prefeitura Municipal, sob a administração do Prefeito Carlinhos da Pedreira, deixou de pagar os valores do aluguel, levando a dona do prédio à fechar as portas em busca de uma solução.

Após postagem neste blog, resolveram, de alguma forma com a proprietária, voltando à tarde do mesmo dia, o local à funcionar, para felicidade dos moradores da região.

No inicio da tarde de hoje, no entanto, os funcionários do PSF Rio Una, depararam-se com uma situação vergonhosa. A Celpe manda cortar o fornecimento de energia para o prédio em questão, por falta de pagamento.

Vergonhosamente, mais uma vez, a falta de pagamento é uma questão seríssima na gestão de Carlinhos da Pedreira.

Na tarde desta sexta-feira, funcionários estavam desesperados, ligando para um e outro, para vê se resolviam alguma coisa sobre esta lamentável situação.

- "Sem energia, a geladeira com vacinas que precisam estar resfriadas constantemente poderão se perder, sem temperatura adequada". Falava uma funcionária ao telefone, na rua, preocupada.

Segundo informações, o corte do fornecimento se deu no final da tarde desta sexta-feira. Mas, tudo indica que conseguiram, pelo menos, retirar as vacinas, levando-as para outro setor, para não perdê-las