23 setembro 2016

Coligação do PDT de Barreiros MENTE em redes sociais e manda publicar falsa informação sobre BETO DA SENSAÇÃO.


Contrariados por que a coligação "UNIDOS POR UMA MUDANÇA DE VERDADE" entrou com uma ação contra o filho de João Baleia porque que o mesmo ainda estaria ocupando o cargo de Secretário de Turismo em São José da Coroa Grande, e também por que o grupo do 14 passou à anunciar que a coligação majoritária estaria com sua candidatura suspensa (que não é a mesma coisa que cancelada) pelas ruas da cidade, os que fazem a coligação "mudança pela esperança" entraram com uma representação contra a majoritária do PTB com o fim de que fosse suspensa a divulgação sobre tal acontecimento pelas ruas de Barreiros.

Na divulgação feita em áudio pela coligação do PTB constava que havia uma suspensão por conta de ação movida contra o filho de João Baleia, que é candidato à vice na chapa do PDT de Barreiros. Por medo de que os eleitores vissem e/ou ouvissem a verdade por trás da real condição de Thomaz Totó, como é conhecido, rapidamente pedem que tal informação pare de ser veiculada.

De maneira ardilosa, e por que não dizer, mentirosa, a coligação passa à espalhar que Beto da Sensação foi multado em 15 mil reais e teria seus carros apreendidos. O que não é verdade!

Segundo consta no documento inserido abaixo, a sentença do juiz foi que se acaso não cessasse a divulgação denunciada pelo grupo do PDT 12, a coligação de Beto seria multada em 15 mil reais e teria seus carros de som apreendidos. Como o grupo de Beto recolheu a informação das ruas em que constava a divulgação da suspensão de candidatura do filho de João Baleia, não existe nenhum prejuízo contra a coligação UNIDOS POR UMA MUDANÇA DE VERDADE.

Não existe condenação e nem prejuízo à coligação de Beto da Sensação já que a nota em questão em que informava sobre a suspensão de registro de Thomaz Baleia, foi retirada das ruas atendendo à pedido do Juiz da Comarca de Barreiros.

Importante frisar ainda que o Juiz da Comarca de Barreiros entendeu que o pedido da coligação UNIDOS POR UMA MUDANÇA DE VERDADE contra Thomaz Buarque, filho de João Baleia, tem fundamento quando diz em sua decisão judicial neste mesmo documento que "atendendo representação anterior (leia aqui, por favor) em que se afirma que o candidato ao cargo de VICE-PREFEITO na chapa de ELIMARIO, THOMAZ DANTAS BUARQUE PINHEIRO (THOMAZ BALEIA) ainda constava como SECRETÁRIO da vizinha cidade de São José da Coroa Grande, determinei a suspensão apenas de seu registro de VICE-PREFEITO até que fosse informada a real situação do mesmo, pois apesar de não ser obrigado à se desincompatibilizar previamente, há necessidade de afastamento após registro da candidatura"

No entendimento do Juiz, apesar de não ser obrigatório, existe necessidade de informar o afastamento do setor público de trabalho, quando do registro de candidatura. Thomaz Buarque terá que apresentar documentos comprovando seu afastamento, até o final do dia 23/09/2016.

Confira abaixo o documento, com a decisão completa do Juiz Augusto N. Sampaio Angelim, da Comarca de Barreiros, de ontem, dia 22/09. E entenda, como a mentira tem pernas curtas.