01 agosto 2016

João Baleia tá sem prestígio? Wolney Queiroz, Izabella de Roldão e o senador Humberto Costa não compareceram e cerca de 60% dos presentes à convenção não eram de Barreiros.


Durante os dias 25 à 30 de julho, foi anunciado pelas ruas de Barreiros, nos carros de som, com locução na voz de Claudio Lima, conhecido como Besouro, que na convenção de João Baleia estariam presentes o Deputado Wolney Queiroz (PDT), Izabella de Roldão (PDT) e o Senador Humberto Costa (PT).

Na noite do ultimo sábado, (30) depois de diversas informações que estavam me passando por telefone, Whatsapo ou Facebook (inclusive com alguns áudios) postei aqui em meu portal que o Funcionalismo público de São José da Coroa Grande recebeu á partir dos "informativos" o "convite" para que todos estivessem presentes à convenção de João Baleia no Clube Caiadores (Confira aqui). Aqueles que não fossem, certamente passaram por sanções. Uma forma de pressionar quem está com a cabeça à premio, por se tratarem de contratados e/ou cargos de confiança.

Na tarde deste domingo, conforme já previsto, à partir das 14 horas a cidade de Barreiros começou à receber ônibus oriundos de São José da Coroa Grande, Tamandaré e outras localidades. Sendo verdade ou não, mas conta-se que dos presentes, oriundos de outras cidades, passariam à receber em torno de 20 à 30 reais como premio ou compensação por suas presenças. Note-se que a maioria, cerca de 60% dos presentes à convenção dos vereadores, prefeito e vice do grupo do PDT em Barreiros, não são votantes da cidade barreirenseTodavia, conforme já tratado pela equipe contratada por João Baleia, o principal objetivo era mostrar número, com a falsa ideia de que estariam com "força" e com prestígio com o fim de "intimidar" seus adversários políticos em Barreiros.

Segundo o Blog Ponto de Vista, em nota de João Baleia (candidato ficha suja), o Deputado Wolney Queiroz deveria estar presente à convenção. No entanto, não compareceu.

Conforme anunciado nos carros de som, pelas ruas de Barreiros, Izabella de Roldão (PDT) também estaria presente. Mas esta, igualmente não compareceu

Para maneirar na frustração, foi citado no momento do evento que os dois nomes acima citados, não puderam vir mas mandaram seus "representantes". 

Note-se que tanto Izabella quanto Wolney, são dos mesmo partido político de João Baleia.

Para completar o desfecho da baixa credibilidade de João Baleia, também foi anunciado que o Senador Humberto Costa do PT teria confirmado sua presença com exclusividade ao evento. Este, por sinal, além de não comparecer não mandou representante para lhe representar.

POPULARES VINDOS DE OUTRAS CIDADES - Para não dar muito na telha, os carros que viam de Tamandaré, São José da Coroa Grande e outros lugares, eram estacionados à certa distância, em lugares como o Pátio da Santa Terezinha no Bairro da Prainha ou no Bairro do Riu Una, próximo à Ponte Maria Amália, de maneira à tentar despistar quem se atrevesse à averiguar as origens dos presentes ao evento de João e seu grupo.

Baleia, com certos grupos de vereadores de São José da Coroa Grande e pré-candidatos de Tamandaré "fizeram à festa", à base de muitos fogos de artifícios, desde o inicio ao final do evento. No entanto, conforme tratado pelas ruas da cidade de Barreiros, não parece ter abalado ninguém com os números da convenção, pouco convencendo os barreirenses que trataram a ação deste dia 31 como uma piada política. Afinal de contas, fazer número com pessoas de outras cidades, é fácil. Difícil mesmo é fazer com que os mesmos números estejam presentes de dentro da cidade, sem pagamentos e sem intimidação.

Um fato importante é que, a Convenção Partidária (confira aqui o que é e como se processa uma convenção) é uma espécie de reunião interna em cada partido político para escolher seus candidatos e decidir sobre uma eventual coligação. Como foi o caso do que aconteceu e vem acontecendo nas convenções em diversos municípios, Brasil à fora, em vésperas da campanha eleitoral de 2016. Não quer dizer que aquela coligação ou grupo político seja a que irá disputar as eleições, posto que ainda tem a decisão do TSE baseando-se nas documentações que serão enviadas ao Tribunal Regional Eleitoral. A decisão final, após as convenções, serão oficializadas passando pelo TRE e TSE. 

No caso de João, até o dia 15 de agosto, sua equipe jurídica ainda espera que seu nome não faça parte da lista do Tribunal Superior Eleitoral, que é o popularmente chamado, LISTÃO DOS FICHAS SUJAS. O ex-prefeito de Barreiros já foi citado na relação do Tribunal de Contas do Estado, e seus advogados contratados pelo presidente do PDT de barreirense estão correndo contra o tempo para que o TSE faça vista grossa à todos os processos de desvio de verbas e outros casos apontados pelo Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal.

De qualquer forma, João Baleia, com um "apanhado de marketing", tentou chamar a atenção de alguns, no entanto, quanto aos nomes que ele disse que estariam presentes à sua festa, ficou muito à desejar, com o não comparecimento dos Deputados e Senador, conforme anunciado. De massa popular mesmo, só aqueles 60% oriundos de outras cidades, é o que ele pôde apresentar como "força política" em uma amostra de queda de sua credibilidade em Barreiros.