06 julho 2016

Funcionários da Prefeitura obrigados à estar em reunião do Prefeito Carlinhos da Pedreira?

Funcionários obrigados à estarem presentes, segundo informações de funcionários contratados.
No final da tarde de ontem funcionários contratados foram obrigados à estarem presentes em encontro liderado pelo PSB e PP de Barreiros, partidos estes que tem à frente o Prefeito Carlinhos, (que tentará a reeleição), seu irmão e vice-prefeito Léo da Pedreira, além de vereadores de mandato e pré-candidatos da base do atual gestor que estavam em encontro realizado no Restaurante Colinas Douradas, na entrada da cidade.

Na ocasião, funcionários, principalmente os contratados, foram obrigados à estarem presentes, mesmo à contra gosto, com o fim de fazer número.

Aqueles ou aquelas que não fossem à reunião de ontem poderiam sofrer sanções por desobediência. Uma das obrigações é que todos tinham que assinar a ata de comparecimento. Aquele que não o assinasse estaria desempregado à partir do dia seguinte ou sem salário, como forma de punição.

Tinha inclusive alguém à frente, segundo informes, gravando, para comprovar, além da assinatura, o comparecimento dos funcionários contratados ao evento realizado por Carlinhos da Pedreira.

Em uma de suas falas, o Prefeito Carlinhos diz que "não paga o funcionalismo municipal em dia por que estava dando empregos à eles, para não passar por um prefeito ruim", o que deixa um contraditório total, administrativamente falando.

Uma determinação, à partir de agora é que todos os funcionários, principalmente os contratados se tiverem bicicletas, motos, carros serão obrigados à colocar adesivos em seus veículos, como forma de fazer número na propaganda do partido do Prefeito, o PSB.